Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

“ZITO E TITO, O QUIPROQUÓ DOS CACIQUES”, POR FERNANDO MACHADO

Publicado em: 06/7/2016

????????????????????????????????????

Principais nomes da oposição duelam nos bastidores

Zito Barbosa (DEM), segundo colocado nas eleições de 2012, trabalha para ter o apoio do maior número possível de partidos e, assim, polarizar a disputa com o prefeito Antonio Henrique. Para isso, ele tem buscado neutralizar os planos do PSDB, que tem sustentado o nome do vereador Carlos Tito como pré-candidato a prefeito.

Na tentativa de convencer os tucanos, Zito usa os dados das últimas pesquisas eleitorais. Porém, esse também tem sido o argumento do vereador, que aparece em segundo lugar em todos os levantamentos realizados até o momento.

Principal voz da oposição nos últimos três, Tito alcançou notoriedade desde sua chegada à presidência da Câmara, em 2013. Habilidoso e perspicaz, o parlamentar liderou com autonomia, e a obediência dos colegas, o bloco de oposição na Casa. Percebendo o distanciamento de Zito Barbosa do debate de questões de interesse da cidade e do enfrentamento político contra Antonio Henrique, Carlos Tito pavimentou sua pré-candidatura.

Agora, a preliminar entre Zito e Tito será decidida pelos caciques da capital.

Notícia do litoral dá conta que Barbosa esteve com o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), na terça-feira, 05, para resolver definitivamente a pendenga. Neto teria ligado para o presidente regional do PSDB, deputado João Gualberto, que bateu o pé confirmando que em Barreiras seu partido marcha com Tito. Descontente, Neto recorreu ao presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves, que agendou encontro entre os baianos para tentar resolver a peleja.

A confusão em Barreiras revela claramente que ACM Neto, além de não ter o poder que muitos imaginam, não é unanimidade entre os opositores do governador Rui Costa. A prova disso é que João Gualberto tem impulsionado candidaturas do PSDB em várias das principais cidades da Bahia em confronto aos escolhidos de ACM. A postura de Gualberto tem como objetivo pôr os tucanos em melhores condições para disputa ao governo da Bahia, em 2018. Para isso, o PSDB precisa ocupar espaço no interior, sobretudo avançando sobre o DEM e o PMDB.

Portanto, não será surpresa se Zito Barbosa e Carlos Tito duelem pelo comando da prefeitura de Barreiras a partir de 15 de agosto.

Do ZDA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*