Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

RUI DESCARTA DISPUTAR VAGA NA CÂMARA PARA MANTER PP NA BASE: ‘ESSA HIPÓTESE NÃO EXISTE’

Publicado em: 14/3/2022

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), descartou mais uma vez a possibilidade de deixar o cargo antes do final do seu mandato, em 31 de dezembro de 2022. Uma eventual renúncia de Rui realizaria o sonho do vice-governador João Leão em assumir a cadeira por nove meses, em um mandato tampão. A movimentação seria uma manobra para manter o Progressistas, comandado por Leão no estado, no arco de alianças governista.

 

Rui, contudo, afirma que “essa hipótese não existe”. A fala do governador ocorreu na manhã desta segunda-feira (14), durante a inauguração do Centro de Hemorragia Digestiva do Hospital Roberto Santos, ao ser questionado pela imprensa sobre a possibilidade de renunciar e sair candidato a deputado federal. Caso isso se concretizasse, o desenho traria Leão como governador e a manutenção do PP na base, e uma chapa com Jerônimo Rodrigues (PT), atual secretário de Educação, como candidato ao governo e o senador Otto Alencar (PSD) candidato à reeleição para o Senado.

 

“E devo dizer que Leão nunca pediu isso, até porque soaria estranho para alguém que eu considero meu amigo pedir a cabeça do seu amigo para continuar sendo amigo. Ele nunca me pediu isso. Quem me colocou aqui foi o povo da Bahia. Aliás colocou a mim e colocou a ele, cada um com uma função. A mim o cargo de governador e a ele o de vice. E assim eu pretendo concluir meu cargo até 31 de dezembro, todas as vezes que eu me coloquei sobre isso eu disse que estaria disposto a conversar sobre qualquer possibilidade de facilitar essa composição do grupo, mas não passa a essa hipótese”, afirmou Rui Costa.

 

A relação entre o Progressistas e o grupo de Rui Costa e Jaques Wagner ficou abalada após a nova reviravolta que aconteceu no início da semana passada, quando Jaques Wagner anunciou que Rui Costa vai cumprir o mandato (lembre aqui). A atualização deixou Leão e a cúpula do PP aborrecidos e o vice-governador agora avalia o destino do partido para o pleito de outubro. Ele não descarta uma candidatura própria do PP ou desembarque no grupo de ACM Neto, pré-candidato ao governo da Bahia (veja mais aqui).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*