Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Políticos estão com o coração na mão, pois Odebrecht assina acordo de leniência com Lava Jato

Publicado em: 01/12/2016

imagem_noticia_5-4

A Odebrecht iniciou a assinatura do acordo de leniência com os procuradores da Operação Lava Jato nesta quinta-feira (1º). Pela negociação, espécie de delação premiada de empresas, a empreiteira se comprometeu a pagar uma multa de R$ 6,7 bilhões em 20 anos. Com os juros, o valor pode chegar a R$ 8,6 bilhões, que serão divididos entre o Brasil, Estados Unidos e Suíça, de acordo com a Folha de S. Paulo. Após a conclusão da leniência da empresa, os 77 executivos envolvidos na Lava Jato também devem começar a assinatura dos acordos de delação premiada individuais. Entre eles estão o ex-presidente da companhia, Marcelo Odebrecht. A assinatura estava prevista para a semana passada, mas uma divergência sobre o valor que seria repassado aos EUA fez com que houvesse o adiamento da reunião. As autoridades americanas teriam exigido ao menos US$ 50 milhões e mudanças nas condições de pagamento. Agora, o acordo precisa ser homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, para ser validado. A validação só deve ocorrer depois que os executivos apresentarem detalhes dos fatos que informaram de forma reduzida na fase inicial. Entre os mencionados nas conversas iniciais estão o presidente Michel Temer (PMDB), os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) e o atual ministro das Relações Exteriores José Serra (PSDB), além de governadores, senadores e deputados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*