Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



OPOSIÇÃO BAIANA PREGA A FALTA DE CREDIBILIDADE DE DILMA

Publicado em: 03/4/2015

Presidenta Dilma Rousseff

A pesquisa do Ibope divulgada na última quarta-feira (1o), que mostrou que o governo da presidente Dilma Rousseff (PT) tem a aprovação de apenas 12% dos entrevistados, caiu como uma luva para a oposição, que a tem utilizado para atestar o que já vinha pregando: a falta de credibilidade da mandatária do País. Para o presidente do PMDB na Bahia e ex-ministro da Integração Nacional na gestão de Lula, Geddel Vieira Lima, a maior surpresa dessa pesquisa é “o fato dela ainda ter esses 12% de aprovação”. “Nós já falávamos isso. A economia vai mal, o povo vai mal, temos visto casos de estelionato. Lógico que as pessoas perderam a confiança na presidente”, afirma. No entanto, ele acredita que a constante queda na aprovação do governo da petista, este ano, é fruto das “promessas” feitas no período eleitoral e que não foram cumpridas nos três primeiros meses de 2015. “A população comprou uma candidata e recebeu outra na presidência. Essa pesquisa de agora é fruto da incompetência e falta de credibilidade dela. As pessoas ainda têm muito viva na memória a promessa de que ela não ia aumentar a gasolina. Mas aumentou. De que não tinha roubo na Petrobras, mas tem. E as pessoas acharam que ela faria diferente. Mas a economia está degringolando”, acrescenta. Segundo Geddel, que também já foi deputado federal, a crise de credibilidade da presidente está “completamente” atrelada ao Partido dos Trabalhadores (PT). “Claro que o povo atrela a presidente ao PT. Mas, principalmente, ao ex-presidente Lula”, pontua. O deputado federal José Carlos Aleluia (DEM) tem opinião parecida à de Geddel. “Ela e Lula perderam a confiança da população, que descobriu que foi enganada em diversos aspectos. Perdeu-se o respeito. É o troco pela falta de credibilidade. Ela (Dilma) e seu criador (Lula) estão perdendo a confiança do povo brasileiro”, diz.

A TARDE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*