Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Olindina: Vice-prefeito é ‘obrigado’ a assumir prefeitura após ‘ninguém’ querer cargo

Publicado em: 11/9/2020

por Francis Juliano

Olindina: Vice-prefeito é 'obrigado' a assumir prefeitura após 'ninguém' querer cargo

Foto: Reprodução / Facebook / Câmara de Olindina

A Câmara de Vereadores de Olindina, no Agreste baiano, rejeitou em sessão extraordinária desta sexta-feira (11) um pedido de afastamento do vice-prefeito Carlos Ubaldino Filho, o Carlinhos. Por 6 votos a 4, os legisladores negaram o pedido de dispensa temporária do vice-gestor que tinha alegado sintomas de Covid-19. Até esta quinta-feira (10), a cidade estava sem prefeito.

 

O atual, Vanderlei Caldas, já estava afastado por conta do novo coronavírus, tendo que ser até intubado em Salvador. Na última quarta-feira (9) foi a vez do vice, Carlinhos, pedir afastamento. Na linha sucessória e sem interesse em assumir o Executivo municipal estavam o presidente da Câmara, Albérico Ferreira dos Reis, e o vice-presidente da Casa, José Dantas de Santana. Em pronunciamento, José Dantas de Santana e o vereador José Nilton Júnior consideraram o pedido do vice-prefeito como “manobra política”.

 

Júnior disse que a recusa de Carlinhos teria a ver com o interesse do vice em se candidatar a vereador. Assumindo como prefeito, ele só poderia postular ao Executivo no pleito de novembro. Os vereadores contrários ao pedido de afastamento do vice-prefeito também criticaram o comportamento dele.

 

“Se está acometido pela Covid-19 e está em isolamento, e não está internado, nada impede de assumir o mandato. Fica sozinho no gabinete e começa a atender por home-office”, bradou José Nilton Júnior, conhecido como Junior de Morgan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*