Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









MINISTRO DA CGU DIZ QUE POLÍTICOS CORRUPTOS DEVEM TER MEDO DA CANETA DO JUIZ

Publicado em: 22/10/2016

Torquato Jardim
O ministro da Transparência, Fiscalização e Controle (Controladoria-Geral da União), Torquato Jardim, faz um alerta. Para enfrentar a corrupção é necessário que haja ‘medo da caneta do juiz, do Ministério Público e da investigação administrativa’. Torquato esteve em São Paulo na sexta-feira, 21, e falou sobre ‘Perspectivas do Marco Legal de Contratações Públicas no Brasil’ na reunião-almoço mensal do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP). Segundo o ministro, em 240 operações especiais sobre desvios de recursos federais em municípios, nos últimos 13 anos, a Transparência, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal identificaram que em 67% das ações houve desvio de merenda escolar, de medicamentos e saneamento básico. “Por que isso acontece? Porque a sanção legal não amedronta. É a velha história de acreditar na impunidade”, afirma. “É preciso ter medo da caneta do juiz, é preciso ter medo da caneta do Ministério Público, é preciso ter medo da caneta da investigação administrativa.” Torquato Jardim foi taxativo. “Dois terços são desviados de crianças. Nessa altura são três gerações de crianças que não têm alimentação, medicamento e saneamento básico ao seu alcance, porque há desvio de verba federal. Qual é a sanção? A Polícia Federal completa a investigação. O Ministério Público, com seus limites humanos, propõe as ações. Qual é a consequência?”.
Estadão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*