Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









IBOTIRAMA:COMUNIDADES RURAIS RECEBEM EQUIPAMENTOS PARA O ACESSO A ÁGUA

Publicado em: 01/8/2013

220130731135044

1005216_359719470797584_941303243_n
Pelo menos cinco comunidades rurais do município de Ibotirama, na região do Médio São Francisco baiano, estão sendo beneficiadas com acesso a água. Os moradores de Canabrava, Poço de Nezinho, Sítio Novo, Itapeba e Santa Cruz receberam da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) seis mil tubos e duas caixas d’água com capacidade para dez mil litros, que farão captação e armazenamento de água.

A doação foi feita por meio da 2ª Superintendência Regional da Codevasf, baseada em Bom Jesus da Lapa (BA), para a prefeitura municipal de Ibotirama, com recursos de emenda parlamentar.
“Temos dois problemas históricos, que atrapalham ainda mais neste período de seca: a dificuldade de acesso por causa das estradas vicinais, que estamos buscando resolver, e o principal que era a falta de água. E, agora, podemos comemorar o fato de que levaremos água para comunidades que sofriam há muitos anos. Os 12 quilômetros de tubo servirão para abastecer, enfim, essas comunidades”, comemorou o prefeito de Ibotirama, Terence Lessa.

A entrega dos equipamentos ocorreu em meio à Conferência Territorial de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário, que mobilizou a região até esta quarta-feira (31). Na Conferência, a Codevasf está apresentando para a sociedade civil algumas de suas principais ações no Território do Velho Chico – especialmente aquelas de convivência com a seca, como a instalação de cisternas para consumo humano, poços, construção de sistemas simplificados de abastecimento de água, barreiros, barragens, aguadas, doações de kits de irrigação e kits de apicultura.

As propostas discutidas serão levadas à Conferência Estadual que, por sua vez, servirá de base para a Conferência Nacional, prevista para outubro. “A Codevasf tem importante papel nesse processo de territorialização, que representa uma nova forma de organização, e não de administração. Nossa democracia não avançaria sem a organização do nosso povo, e os territórios não funcionariam sem a participação dos poderes públicos federal, estadual e municipal.

Eles crescem com a inclusão de toda forma possível de organização. E a Codevasf está aberta para receber esta demanda”, disse o superintendente da Codevasf em Bom Jesus da Lapa (BA), Lourival Gusmão.

“Estamos discutindo o desenvolvimento regional e debatendo alguns eixos importantes. O debate tem alto nível com a presença de representantes de todos os municípios do Território. E a presença da Codevasf aqui é fundamental, pois já está há 39 anos trabalhando pelo desenvolvimento da região”, disse Demerval Oliveira, da Coordenação Regional do Velho Chico.

“Esse método de os poderes públicos discutirem com a sociedade é novo e muito importante para saber quais rumos os governantes devem seguir. E todos que estão aqui têm uma proposta comum que é o desenvolvimento do nosso território. Espero que saiam daqui importantes propostas de valor para produzir um futuro melhor para o nosso território”, disse Zequinha Dourado, prefeito de Paratinga, que representou os prefeitos em mesa do evento.

O Território do Velho Chico reúne os municípios de Barra, Bom Jesus da Lapa, Brotas de Macaúbas, Carinhanha, Feira da Mata, Ibotirama, Igaporã, Malhada, Matina, Morpará, Muquém de São Francisco, Oliveira dos Brejinhos, Paratinga, Riacho de Santana, Serra do Ramalho e Sítio do Mato.

Equipamentos para acesso a água

No Médio São Francisco baiano a Codevasf já doou, somente neste ano, 47 caixas d’água de 10 mil litros, 7 caixas d’água de 5 mil litros, 126 caixas d´água de 1 mil litros, 36.050 tubos de PVC e 24 kits de irrigação para diversas comunidades em São Félix do Coribe, Serra Dourada, Coribe, Riacho de Santana, Ibotirama, Guanambi, Serra do Ramalho, Seabra, Bom Jesus da Lapa, Feira da Mata e Igaporã. O investimento, somado, foi de mais de R$ 360 mil, provindos de emendas parlamentares.

Os equipamentos estão contribuindo para assegurar acesso a água a uma população rural de cerca de 120 mil habitantes, em região fortemente atingida pelos efeitos da estiagem.
Fonte:Codevasf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*