Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









IBOTIRAMA: SECRETARIA MUNICIPAL DISCUTE SÁUDE PÚBLICA

Publicado em: 09/4/2013

20130409102718
A Equipe da Saúde Pública do município participou de uma reunião promovida pela Secretária Municipal de Saúde onde receberam orientações sobre a aplicação dos recursos do SUS e do Fundo Municipal de Saúde.

O encontro marcou ainda a socialização da equipe de coordenação que pôde esclarecer dúvidas sobre a aplicação dos fundos e verbas destinadas à Saúde e a relação consumo/capital. Neste primeiro momento, a SMS fará um diagnóstico da rede física com base nos dados levantados pelos próprios Diretores, que norteará o planejamento das ações prioritárias e o atendimento às demandas das unidades como material de consumo e infraestrutura. O intuito do prefeito Terence Lessa é “oferecer condições para que as equipes desenvolvam seu trabalho beneficiando o usuário final (o cidadão) e para isso é fundamental ouvir e elencar as necessidades de cada setor”.

Fábio Kadis, Secretário de Saúde ressaltou a importância da contrapartida do Município na manutenção de alguns programas e a necessidade de ajustar as finanças da Saúde evitando gastos desnecessários. “Precisamos otimizar urgentemente os gastos com a Saúde no que diz respeito ao município e a gestão participativa é o ponto de partida para que isso aconteça de forma concreta. Ninguém melhor que os Diretores, que conhecem a realidade das unidades, para apontar as prioridades”, lembrou Kadis.

O secretário informou ainda que a construção das novas unidades de saúde do Calumbi e Alto do Fundão estão embarreirando os investimentos na reforma das atuais instalações, ou seja, a prefeitura não pode investir recursos nos imóveis alugados uma vez que os novos postos devem ser entregues nos próximos dois meses. Outro ponto a ser frisado é a dificuldade e atraso no recebimento de repasses dos governos (Federal e Estadual) importantes para a manutenção dos programas em parceria com a prefeitura, a exemplo do SAMU e CAPS, o que agrava ainda mais as limitações financeiras diante da situação que o município atravessa.

FONTE: ASSIMP Ibotirama

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*