Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



ARTHUR MAIA PARTICIPA DA CRIAÇÃO DO BLOCO DA ESQUERDA DEMOCRÁTICA

Publicado em: 17/12/2014

Encontro aconteceu nesta terça-feira

Os presidentes, líderes e parlamentares do PPS, PSB, Solidariedade (SD) e PV lançaram, nesta terça-feira (16), um bloco parlamentar, batizado de Bloco da Esquerda Democrática, para atuar no Congresso Nacional e também nas eleições de 2016. O líder do SD na Câmara, deputado Arthur Maia (BA), disse, em seu discurso, que essa nova força representa a antecipação, na prática, da Reforma Política no país. “Estamos convencidos de que este modelo que está aí não serve mais para o Brasil. Temos a nítida noção de que efetivamente é preciso que haja uma reforma política, que necessariamente passa pela diminuição de partidos. É muito difícil para o Parlamento Brasileiro conviver com 28 agremiações partidárias diferentes. Estamos, portanto, aqui, nos antecipando, na prática, a essa Reforma. É claro que, entre estes quatro partidos, existem diferenças e, que, para construir essa unidade tem que haver generosidade, concessão e consenso de todas as partes. Mas, estamos nos unindo para mostrar que a unidade é digna no Brasil”, afirmou. Arthur Maia acredita que este novo Bloco dará uma grande contribuição ao processo democrático brasileiro. “Os quatro partidos deste bloco estiveram no campo das oposições ao governo eleito. Esta ideia clara é que nos faz estar hoje irmanados, conscientes que faremos este enfrentamento a partir de agora, não apenas aqui dentro do Congresso Nacional, mas em cada município do Brasil. Vamos levar esta construção que entendemos ser composta por elementos ideologicamente muito semelhantes e também levar a nossa crença de combater estes escândalos um após o outro, que vem desmoralizando o Brasil externamente e corroendo a nossa sociedade internamente” ressaltou.

Na próxima legislatura, a federação de partidos vai contar com 67 deputados federais (34 do PSB, 15 do SD, 10 do PPS e 8 do PV). Sem a formação de outros blocos, seria a segunda força política da Câmara, atrás apenas do PT, que contará com 69 parlamentares em 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*