Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



ARTHUR MAIA, LÍDER DO SOLIDARIEDADE INDICA NOMES PARA COMPOR CPI DA PETROBRÁS

Publicado em: 08/2/2015

arthur

O líder do Solidariedade na Câmara dos Deputados, Arthur Maia (BA), indicou os deputados Paulo Pereira da Silva (SP) e JHC (AL) para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras  que será instalada depois do Carnaval e tem o propósito de investigar irregularidades na estatal entre os anos de 2005 e 2015.

Em um discurso proferido no Plenário, Arthur Maia aprovou a criação da CPI e criticou a demora da decisão da presidente Dilma em demitir a ex-presidente da Petrobras, Graça Foster.“O que nos causa estranheza e o que o Brasil gostaria de tomar conhecimento é o motivo pelo qual a presidente Dilma demorou tanto para demitir a atual diretoria da Petrobrás, mesmo diante de números tão negativos que a empresa vem apresentando, não apenas durante este momento em que se escancara o problema da corrupção, mas também frente aos índices negativos que já persistem há vários anos”, disse.

Números em queda

O líder lembrou que o futuro presidente da Petrobrás assumirá uma empresa que ainda não conseguiu publicar o balanço auditado do 3º trimestre de 2014, em razão da dificuldade de calcular o tamanho exato do rombo causado pelos escândalos que estão aí sendo apresentados.“É notório que cabe ao presidente do Brasil o papel de cobrar resultados positivos de todos os órgãos que compõem a administração pública federal. É obrigação da presidente Dilma, que foi apresentada ao Brasil na eleição de 2010 como um exemplo de gestora, competente, capaz e plenamente apta a exercer esse papel de grande gerente do Brasil, analisar permanentemente a desenvoltura, sobretudo de uma empresa que, até poucos anos atrás, era a principal empresa da América Latina. A Petrobras chegou a figurar na primeira posição na Bolsa brasileira e hoje está em 4º”, destacou.

O parlamentar apontou dados que revelam a queda no valor de mercado da Petrobras. Nos últimos cinco anos (2009/2014), a Petrobras passou de 12º para 120º no ranking da Forbes entre as maiores empresas do mundo.  “Em fevereiro de 2012, quando Graça Foster assumiu a Presidência da estatal, o valor de uma ação era de R$23,63. Em fevereiro de 2014, estava em R$14, o que significa uma perda de quase 50%, e, agora, chega a pouco mais de R$8. Portanto, a Petrobrás teve seu valor reduzido a um terço do que valia em fevereiro de 2012. É inacreditável”, lamentou Arthur Maia.

A CPI 

O prazo de funcionamento do colegiado é de 120 dias, prorrogável por mais 60. A CPI tem poderes de investigação equiparados aos das autoridades judiciais, como determinar diligências, ouvir indiciados, inquirir testemunhas, requisitar de órgãos e entidades da administração pública informações e documentos, tomar depoimentos de autoridades federais, estaduais e municipais, bem como requisitar os serviços policiais.

“O Solidariedade quer colaborar com essa investigação e contribuir com o resgate da empresa que sempre foi motivo de orgulho nacional. Fico a me perguntar qual será a motivação da presidente Dilma de ter esperado tanto tempo até a Petrobras chegar à beira do abismo para tomar uma providência. Será que é o fato de as amizades pessoais, o companheirismo partidário falar mais alto do que o interesse do Brasil, ou será que de fato uma nova diretoria poder trazer a tona revelações que o Brasil ainda não tem conhecimento?”, indagou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*