Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

APÓS SAÍDA DE NESTOR, NILO DIZ QUE PT GOVERNA COM CARLISMO E ROMPE COM WAGNER

Publicado em: 09/2/2022

O deputado federal Marcelo Nilo (PSB) afirmou, nesta terça-feira (8), que a gestão petista na Bahia se elegeu com um discurso anti-carlista, mas que hoje governa ao lado do carlismo. O parlamentar fez fortes críticas ao governador Rui Costa (PT) e ao senador Jaques Wagner (PT), seus aliados desde 2007. Agora, Nilo encaminha o rompimento da relação.

“Eles ganharam as eleições com o discurso de derrotar o carlismo, de mudar a Bahia, mas a verdade é que eles governam com o carlismo. Do secretariado estadual, 50% vieram do carlismo. Dos três senadores, dois são ex-carlistas. A base de deputados dele, dois terços vieram do carlismo”, disparou Nilo, em entrevista ao Bahia Notícias.

As declarações de Nilo foram feitas minutos após o anúncio de que o secretário Nestor Duarte, seu aliado político, teria pedido exoneração do governo estadual (veja aqui).

Nilo foi aliado dos governos petistas no estado desde o início do primeiro mandato de Jaques Wagner (PT). Presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) por cinco mandatos, entre 2007 e 2017, esteve sempre ao lado das gestões do PT. No período, o parlamentar passou por PSDB, PDT e PSL, até chegar ao PSB, onde se elegeu deputado federal.

O deputado nunca escondeu seu desejo de integrar uma chapa majoritária, mais especificamente uma vaga na disputa para o Senado. Porém, sem espaço na aliança liderada por PT, PSD e PP, que sustenta o governo Rui Costa (PT), Marcelo Nilo passou a ser cortejado pela oposição.

A tendência é que Nilo deixe o PSB na janela partidária, que começa em março, para se filiar a um partido de oposição aos governos petistas na Bahia. A legenda, entretanto, ainda não está definida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*