Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









ÁGUIA DE HAIA: IDENTIFICADOS OS EMPRESÁRIOS DETIDOS OU PROCURADOS PELA POLÍCIA FEDERAL

Publicado em: 14/7/2015

Do Site Bocão News

A operação Águia de Haia, deflagrada na manhã desta segunda-feira (13), na Bahia, está deixando prefeitos de pelo menos 19 municípios baianos de ‘cabelos em pé’. A empresa envolvida em contratações de licitações forjadas com estes municípios é a Ktech Key Technology Gestão e Comércio de Software Ltda. O dono da empresa Kells Belarmino Mendes foi preso em Guarajuba, onde tem residência, pela Polícia federal, na manhã de ontem.Em relação a Cotegipe, a empresa foi a única que participou da licitação no final de 2014, porém após uma grande averiguação do setor jurídico e da  Comissão de Licitação, o Prefeito Marcelo Mariane não fez o contrato, nem pagou nenhuma nota fiscal.A prefeitura de Cotegipe só foi citada por ter feito a licitação, mas não se envolveu em nenhuma irregularidade.

A empresa ganhou os municípios através de uma ‘ajudinha’ do deputado estadual Carlos Ubaldino (PSD) que negociava a inserção da empresa nos municípios por cargos e benefícios às localidades. Kells Mendes já foi candidato a deputado estadual por São Paulo, pelo PTN, em 2006.

A Ktech tem sede na cidade de Guaratinguetá, em São Paulo. De acordo com informações da Receita Federal, a empresa tem um capital social de R$ 500 mil e mais um sócio, Rodrigo Seabra Bartelega de Sousa, que também teve mandado de prisão expedido pela PF.

A empresa fez um dos seus primeiros contratos com a prefeitura de Ruy Barbosa, sob a gestão do prefeito José Bonifácio Dourado (PT), em 2012. Em 2013, um novo contrato foi efetuado com a empresa, no valor de R$ 2,2 milhões para a prestação de serviços “educacionais de tecnologias da informação tecnicoadministrativa e pedagógica com capacitação presencial continuada de professores, aquisição e atualização de licenças de direito de uso de Sistemas Integrados de Gestão Acadêmica, Portal, Software de Autoria, Treinamento e Suporte Técnico In Loco para a Secretaria Municipal de Educação e unidades escolares”, de acordo com o Diário Oficial de 5 de fevereiro de 2013.

A Ktech entrou no município de Ruy Barbosa após o deputado e o prefeito negociarem um cargo para o filho do petista na empresa. Cleber Dourado, filho de Bonifácio, foi um dos diretores da Ktech. Após os primeiros contratos no município, a empresa ganhou outros 18.

Teixeira de Freitas é uma das cidades envolvidas. Em 9 de abril de 2013, a prefeitura e a Ktech firmaram um contrato no valor de R$ 4 milhões para também prestar serviços de cursos de informática para capacitar professores da rede municipal.

Ainda estão envolvidos os municípios de São Domingos, Guarajuba, Água Fria, Capela do Alto Alegre, Mairi, Feira de Santana, Buerarema, Ilhéus, Itabuna, Camamu, Una, Ibirapitanga, Camacan, Mirangaba, Uauá, Paramirim, Livramento, Cotegipe, Nova Soure, Itapicuru, Cipó e Ribeira do Pombal.

De acordo com o delegado da Polícia Federal, Fernando Berbert, o prefeito, o secretário municipal de Educação e o pregoeiro tinham conhecimento das fraudes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*