Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

WALTER PINHEIRO DEFENDE AMPLIAÇÃO DE INVESTIMENTOS EM INOVAÇÃO EM PALESTRA NA FIEB

Publicado em: 23/8/2013

Pinheiro_Fieb-300x168

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) defendeu, nesta quinta-feira (22), a ampliação dos investimentos em inovação e uma maior desconcentração dos investimentos, para o país alavancar a economia. Ele palestrou durante reunião da diretoria da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e também adiantou que o Congresso Nacional deve retomar em setembro o debate sobre o fim da guerra fiscal, sinalizando uma nova política de incentivos para o setor industrial.

“No Congresso, iniciamos a implantação de um novo pacto federativo com o novo Fundo de Participação dos Estados, num processo que tive a oportunidade de ser o relator. Aprovamos a adoção de políticas de desoneração, através de medidas provisórias, e estamos discutindo como desenvolver uma política de investimentos não centralizados”, destacou.

Pinheiro disse ainda que o governo precisa identificar os gargalos que impedem o desenvolvimento econômico e citou a necessidade de continuidade nos investimentos em infraestrutura, especificamente em portos, aeroportos, estradas, ferrovias, energia e comunicações, tendo como vetores a inovação e a educação.

Ao falar especificamente sobre a Bahia, Pinheiro destacou o crescimento industrial de 5,9% de janeiro a junho deste ano, mas lamentou a média nacional, que ficou com apenas 1,9%. “O resultado da Bahia é importante, mas ele não pode ser analisado isoladamente, até porque não vivemos em uma ilha. A questão é que o baixo crescimento industrial brasileiro impacta na economia dos estados e comprova que é necessário desconcentrar a atividade econômica. A ausência desta desconcentração termina impondo um verdadeiro atraso ao país”, afirmou. Ele disse que os portos de Salvador e de Aratu precisam ser ampliados, citando a quantidade de navios que se acumulam na Baía de Todos os Santos, e que é necessário investir em inovação no setor de logística.

Ele também elogiou a qualidade dos trabalhos desenvolvidos pelo Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia (Cimatec), fundamental para contribuir para a atração de empreendimentos de base tecnológica para o Estado. “O desempenho do Cimatec é motivo de muita alegria”, disse. Ele citou a implantação de aeroportos regionais, da Ferrovia da Integração Oeste-Leste, do Complexo Intermodal Porto Sul e a ampliação da malha rodoviária do Estado como vetor de desenvolvimento da economia baiana, assim como a chegada de novas universidades e centros de ensino tecnológico e profissional.

O senador também apresentou boas perspectivas com a elaboração de um novo marco regulatório para o setor mineral, que é muito forte na Bahia, e com a aprovação da MP 613, com incentivos ao setor químico, petroquímico e ao etanol. “São desonerações que impactam positivamente no Polo Industrial de Camaçari. Além disso, esta MP fará uma injeção direta de três bilhões de reais nos municípios, incentivando as economias locais”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*