Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

SÃO DESIDÉRIO: GESTORES DAS ESCOLAS RECEBEM FORMAÇÃO DE PRATICAS PEDAGÓGICAS

Publicado em: 17/11/2014
 
Com a finalidade de promover a cidadania, ética, e responsabilidade a Secretaria Municipal de Educação realizou entre os dias 12, 13 e 14 de novembro, uma formação de gestores para as escolas municipais de São Desidério. O evento aconteceu no Centro Cultura Celso Barbosa, com a presença da pedagoga, e mestre em educação, Rosiane Oliveira, a secretária de educação, Alaides França, gestores das escolas da sede e zona rural.
 
A formação de gestores garantiu princípios básicos de administração pedagógica escolar. “Nesta formação teremos uma visão parcial de todo processo do gestor e suas atividades na instituição escolar e comunidade local, seus docentes e seus alunos assim, como as reações de ser ou não ser aberto à democracia na escola em ouvir a sua comunidade local, como também saber dividir as responsabilidades administrativas para não causar desconforto, dependência nas decisões a serem tomadas”, explanou a palestrante, Rosiane Oliveira.

“É óbvio lembrar que uma gestão democrática traz, em si, a necessidade de uma postura democrática. E esta postura revela uma forma de encarar a educação e o ensino, onde o Poder Público, o coletivo escolar e a comunidade local, juntos, estarão sintonizados para garantir a qualidade do processo educativo”, concluiu Rosiane.
 
O gestor, Joaquim Pedro dos Santos, da Escola Maria Francisca da Silva, do povoado de Pontezinha, ficou feliz pelas indicações pedagógicas citadas no evento. “É muito gratificante essa formação, esse momento mostra exatamente como podemos administrar com responsabilidade uma escola. Temos que seguir princípios relevantes para uma educação de qualidade”, assegurou.
 
A secretária de educação, Alaídes França, considera a formação de gestores uma ação positiva. “A finalidade da educação é a formação de cidadãos, então, a qualidade da educação precisa estar voltada para esse fim e necessita sustentar-se em um tipo de gestão que propicie o exercício da cidadania, promovendo a participação de todos os segmentos que compõem a escola, além da comunidade local externa, ou seja, deve se sustentar na gestão democrática”, finalizou.
Texto e fotos: Diego Souza

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*