Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

RUI E SOUTO DISPUTAM APOIO DE PREFEITOS

Publicado em: 25/8/2014

        Souto-Ibotirama

PAULO SOUTO E ARIVAL VIANA
O  anúncio de apoio de prefeitos que seriam naturalmente de oposição, por conta da filiação partidária, é um sinal da força que os candidatos ao governo desejam mostrar em uma disputa eleitoral. E a prática tem marcado fortemente as campanhas dos candidatos Paulo Souto (DEM) e Rui Costa (PT).A dança se intensifica e se complica porque as verbas e a perspectiva de vitória não estão do mesmo lado. As pesquisas de intenção de votos apontam o democrata Paulo Souto na liderança da corrida ao Palácio de Ondina, mas são os petistas e aliados que ainda possuem o poder da caneta na mão. A declaração de apoio mostra, em muitos casos, a encruzilhada em que se encontram os prefeitos, reféns de verbas estatais e federais.

Um dos prefeitos anunciados pela campanha de Rui Costa como “cabo eleitoral” mostra como se dá o jogo. O prefeito de São Desidério, Ademilton Barbosa, mas conhecido como Demir, era do PMDB, mas apoia o governo petista desde 2012.

 

“Fui expulso do PMDB há 20 dias porque apoio Rui. Quando assumi o governo em 2012, no lugar de meu irmão Zito Barbosa, ele era oposição e não tinha como buscar recursos. Quando comecei a apoiar o governador Jaques Wagner, as contrapartidas começaram a chegar”, disse.

 

Os petistas também anunciaram o apoio do prefeito de Lajedão, Betão (DEM), mas ele preferiu ficar em cima do muro. “Estou imparcial neste pleito”, disse o democrata.

 

Do lado de Souto, um dos apoios oposicionistas é do prefeito de Buritirama, Arival Viana (PP). “Eu votaria no candidato do governo se este candidato fosse Otto Alencar. Mas só se Otto não concorresse contra Paulo Souto, de quem sou amigo. Souto foi quem fez a maioria das obras estaduais presentes hoje em minha cidade”, apontou Arival Viana.

 

Ele disse que chegou a conversar com Otto para apoiá-lo para o Senado. “Mas ele disse que só serviria meu apoio se fosse para a chapa completa. Então agora decidi apoiar também Geddel para o Senado”, disse o prefeito.

 

Listas
Em lista enviada a A TARDE, a campanha de Rui Costa mostrou ter apoio de prefeitos e ex-prefeitos do PMDB, PPS, PRB, PROS, PRP, PTC, PRTB, PSB, PSC, PSDB, PT do B, PTN, SD e PV. A campanha de Souto diz ter apoios do outro lado, mas não apresentou lista.Dentre os nomes que apoiam Rui está a prefeita de Valença, Jucélia Sousa Nascimento (PTN), que elogiou a capacidade administrativa do petista. Mas, também em São Desidério, Saul Pedrosa (PT), ex-candidato a prefeito, declarou apoio a Souto. Segundo ele, a decisão se deu por não ter recebido o devido apoio de Wagner quando se candidatou a prefeito em 2008 e 2012. Pedrosa disse ainda que não votaria em Rui por ter sido um candidato imposto por Wagner.
Números
O número de prefeitos que os candidatos ao governo baiano anunciam como apoiadores de campanha “demonstraria” que a Bahia não tem somente 417 municípios.A campanha de Rui Costa diz possuir 370 prefeitos – dentre estes, 59 prefeitos e 21 ex-prefeitos que são filiados a partidos da oposição. A campanha de Paulo Souto diz que o demista tem o apoio de pelo menos 100 prefeitos que já posaram para fotos com Rui – mas a maioria destes apoios seria discreta.

Isto sem contar os prefeitos que apoiam a socialista Lídice da Mata. Fala-se em 32 prefeitos, mas a senadora diz acreditar que sejam menos, conforme disse em entrevista a uma TV na sexta-feira.

 

Voltando à aritmética, se Rui tiver 370 prefeitos, Souto outros 100 e Lídice 32, então a Bahia tem 502 municípios ou deve ter muito prefeito por aí acendendo uma vela para Deus e outra para o diabo.

Por Davi Lemos/A Tarde

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*