Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

RENATA MALLET INDICA VOTO NULO, DA LUZ ESPERA POSIÇÃO DE LEVY FIDELIX

Publicado em: 16/10/2014
Renata Mallet indica voto nulo no segundo turno; Da Luz aguarda posição de Fidelix

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias
por Rebeca Menezes
A presidente do PSTU em Salvador, Renata Mallet, afirmou nesta quarta-feira (15) que manterá a decisão nacional do partido de não apoiar as candidaturas de Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) durante o segundo turno da eleição presidencial. “O PSTU regional tem a mesma orientação de indicar o voto nulo. Não dá para depositar o voto em nenhuma das candidaturas, porque não trazem projetos nem para a juventude nem para os trabalhadores”, disse, em entrevista ao Bahia Notícias. Para Mallet, que foi a candidata ao Palácio de Ondina pelo partido, não existe um plano de governo que seja “menos pior” entre tucanos e petistas. “Está tendo muito essa discussão de quem é o menos  pior, mas não vamos orientar o voto para isso. O certo é apostar no poder de mobilização dos trabalhadores. Tem que acreditar nas lutas que podem fazer nossas vidas melhores”, acredita. Bancária, Renata admitiu que Aécio, assim como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, tem “uma proposta clara de privatização do Banco do Brasil e do serviço público”, mas afirmou que o atual governo federal não tem uma postura diferente. “O PT tem uma nova forma de provatizar, com concessões, iniciativas público-privadas… Trabalhei durante o governo lula e sei que nossa vida não melhorou, assim como na época de FHC a vida não era boa. A verdade é que os bancos públicos, hoje, estão muito mais voltados para as instituições privadas do que para o interesse da população”, avaliou. Até o encerramento desta matéria, o presidente estadual do PRTB, Rogério Tadeu Da Luz, ainda não havia se posicionado oficialmente sobre sua indicação para os quase 28 mil eleitores baianos que o escolheram durante o primeiro turno. Procurado pelo BN, ele informou que ligaria para o fundador de seu partido, Levy Fidelix, para só depois se pronunciar. A nível nacional, o PRTB sugeriu que apoiaria oficialmente Aécio nesta quinta, porém não houve confirmação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*