Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









OPERAÇÃO ADSUMUS: MP-BA ESTIMA PREJUÍZO DE CERCA DE R$20 MI AO MUNICÍPIO DE SANTO AMARO

Publicado em: 14/7/2016

por Júlia Vigné / Marcos Maia

Operação Adsumus: MP-BA estima prejuízo de cerca de R$20 mi ao município de Santo Amaro

Foto: Júlia Vigné / Bahia Notícias
O Ministério Público da Bahia (MP-BA) realizou uma coletiva de imprensa na tarde desta quinta-feira (14) para divulgar maiores informações da “Operação Adsumus” . O órgão estima que os crimes cometidos por empresários e agentes públicos da prefeitura na execução de 19 obras inacabadas entre 2011 e 2015 representa um prejuízo estimado em “mais ou menos R$20 milhões”. Durante a ação executada na manhã desta quinta foram presos o vice-prefeito de Santo Amaro, Leonardo Pacheco, os secretários de Obras e educação do município, Luís Eduardo e Diogo Sales, respectivamente, além dos empresários Roberto Santana e Paulo Vasconcelos. De acordo com o Promotor de Justiça Aroldo Almeida além das prisões, foram efetuadas buscas nas casas e empresas nas quais os investigados atuam. As investigações apontam que essas empresas possivelmente são a mesma, ainda que apresentem nomenclaturas e CNPJ’s diferentes. “Essas empresas pertencem ao mesmo grupo econômico e que se tratam de licitações apenas na forma, com resultados já pré-definidos. É isso que estamos tentando provar”, explica Aroldo. Segundo o promotor, tratam-se de 20 contratos, na ordem de 40 bilhões de reais, e o envolvimento do prefeito do município, Ricardo Machado (PT), é inicialmente descartado. A operação envolveu 50 policiais, oito delegados, 15 viaturas, 42 investigadores e contou com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e de Investigações Criminais (Gaeco) e do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (DRACO). A partir de agora, o material colhido nas buscas será analisado para dar seguimento a outros desdobramentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*