Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

“MINHA CANDIDATURA É IRREVOGÁVEL’ DIZ MARCELO NILO

Publicado em: 13/11/2014

por Luana Ribeiro

'Minha candidatura é irrevogável', diz Nilo; pedetista tem 'esperança' no apoio de Sanches

Foto: Cláudia Cardozo/Bahia Notícias
Apesar da possibilidade de uma candidatura à presidência da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) que reúna PT e PSD, os dois partidos com maior bancada na Casa, o atual presidente, Marcelo Nilo (PDT), afirmou, em entrevista ao Bahia Notícias, que sua candidatura é “irrevogável”. “Tenho segurança no apoio de 46 deputados. Então minha candidatura é de quase consenso. E 24 deputados já prometeram, assinaram um documento me apoiando”, declarou Nilo, que ocupa o cargo pela quarta vez consecutiva. “Eu quero ser presidente porque eu quero concluir um projeto construído na Casa, de independência do poder, de fazer da AL-BA a casa do povo, como tem sido e em janeiro temos a TV Assembleia em canal aberto”, enumerou, há oito anos na direção do legislativo soteropolitano. O pedetista disse que respeita as outras candidaturas. “Rosemberg é um bom deputado, Alan Sanches é um bom companheiro, Sargento Isidório é um bom deputado”, avaliou. Mesmo assim, Nilo tem “muita esperança” de que Alan Sanches (PSD), que pode aglutinar sua candidatura à de Rosemberg Pinto (PT), resolva apoiá-lo na disputa. “Conversei muito com ele ontem”, contou ele, que disse ter oferecido à oposição a 1ª Secretaria e ao PSD, “maior partido depois do PT”, a 1ª Vice-Presidência da Casa. “Minha candidatura passou a ser uma candidatura consolidada”, reitera Nilo, que não acredita nas tratativas que os outros candidatos anunciaram para esta quarta-feira (12) com o governador eleito, Rui Costa (PT). “Rui Costa nem está aqui”, aponta. Nesta terça (11), o parlamentar também conversou com o governador Jaques Wagner. “Conversei muito com Wagner ontem, nem tocamos no assunto na presidência. Ele é meu amigo pessoal, mas nem conversamos sobre isso. Eu acredito que a presidência é um assunto interno da Assembleia. Claro que o governador é o eleitor mais importante, que deve conversar com os candidatos, deve ouvi-los”, afirmou. Procurado pela reportagem, o deputado Alan Sanches não foi localizado para comentar a negociação citada por Nilo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*