Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

MARCOS MENDES QUESTIONA SEGURANÇA DO PROCESSO ELEITORAL

Publicado em: 03/10/2014

O candidato ao governo da Bahia pelo PSOL, Marcos Mendes, trouxe à tona informações que, segundo ele, indicam uma possível fraude no Processo Eletrônico de Votação de 2014. De acordo com Marcos, depois de ter recebido várias denúncias e questionamentos sobre a segurança no processo eleitoral, solicitou a sua equipe uma investigação mais profunda sobre o tema e, na sua opinião, os resultados não são nada positivos. ”Logo de início o sistema já demonstra fragilidades, pois ao utilizar urnas eletrônicas 1ª geração, conhecidas por DRE (Direct Recording Electronic voting machine) os votos são gravados apenas eletronicamente sem oferecer possibilidade de auditoria”, salienta ele. Marcos Mendes ainda questiona a falta de transparência em cinco das seis fases do Processo Eletrônico de Votação, que vão desde as falhas na segurança do programa, conforme já constatadas no Código Fonte que corresponde a fase 1 do processo, até a terceirização do processo eleitoral pelos TRE’s, por empresas privadas, que irão “cuidar” da geração das mídias, da inseminação das urnas e do processo de votação e apuração que correspondem as fases 2, 3 e 4. O candidato coloca também em cheque a conduta do TSE que, através do Ministro Dias Tóffoli, decidiu por não fazer os testes públicos obrigatórios nas urnas eletrônicas antes das eleições, além da impossibilidade da fiscalização da totalização dos votos nos TRE’s correspondente a fase 5 do processo. ”Como se não bastasse, o TSE deixou a cargo dos TRE’s a eleição deste ano. Em alguns Estados houve licitação para a escolha de uma empresa privada para gerenciar todo o processo e em outros não. Estranho que apenas três empresas a INDRA, a ATLÂNTICA e a ENGETEC tenham abocanhado 16 Estados Brasileiros! Aguardamos informações dos outros 11, pois até o momento nada foi publicado sobre quem irá conduzir a segurança do processo eleitoral nesses Estados”, finaliza Marcos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*