Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

IMBASSAHY QUER QUE POLICIA FEDERAL INVESTIGUE ATAQUE A PERFIS DE JORNALISTAS NO PLANALTO

Publicado em: 09/8/2014

ann

O líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy, solicitará, nesta segunda-feira, 11, do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, providências sobre a alteração irregular de perfis de jornalistas na internet. Imbassahy vai requerer a instauração de inquérito, na Polícia Federal, para apurar a ação criminosa, que partiu de um computador localizado no Palácio do Planalto. O líder tucano afirmou ainda que também enviará requerimento de informações ao secretário de Comunicação Social da Presidência da República, Thomas Trauman, questionando de quem partiu a ordem para a realização dos ataques, uma vez que o órgão é responsável por todas as diretrizes relacionadas ao setor (jornalismo, publicidade, assessoria de imprensa, etc).

“Não conseguiram, de maneira institucional, controlar o conteúdo da mídia e agora partem para atitudes criminosas, tentando abalar a credibilidade de jornalistas conceituados que apontam os erros cometidos pelo Governo Federal. Considero ainda mais grave a omissão do Palácio do Planalto, que em momento algum demonstrou a intenção de apurar a questão”, disse Imbassahy.

No entendimento do deputado, a informação de que em três anos e meio foram feitas mais de 170 alterações na internet no âmbito da Presidência da República é um sério indício de que as de agora foram realmente realizadas por servidores e com a utilização de recursos públicos, além de terem ocorrido em horário de trabalho, o que caracteriza crime de improbidade administrativa. “É a velha e conhecida confusão petista entre órgãos de Estado e órgãos do partido, como foi demonstrado pela última edição da revista Veja”, acrescentou Antônio Imbassahy, lembrando o “teatro” armado também por servidores do Palácio do Planalto nos depoimentos realizados na CPI da Petrobrás no Senado.

“Atacar jornalistas é atacar a própria liberdade de expressão, que o PT e a presidente Dilma fingem defender, mas que na verdade estão perseguindo”, concluiu o líder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*