Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









IBOTIRAMA: MUNICIPIO SOFRE MAIS UM BLOQUEIO DESTA VEZ É REFERENTE A PRECATÓRIOS

Publicado em: 13/7/2013

images
Foram bloqueados dessa vez, quase R$ 150.000,00(cento e cinquenta mil reais) referentes a precatórios. Estima-se que a dívida das administrações antigas da Prefeitura de Ibotirama somente com precatórios de dividas trabalhistas seja de mais de 20 milhões. O débito inclui os pequenos e grandes valores. Os procuradores e contadores do município classificam a situação como preocupante, uma vez que inviabiliza ações importantes e dificulta sobremaneira o planejamento.

A situação é realimente bastante preocupante, uma vez que a atual gestão do município já vem sofrendo com os constantes bloqueios de FPM feitos pela Secretaria da Receita Federal. O que é um ponto considerado bastante delicado pois apesar de não ter culpa pelas irresponsabilidades de décadas de inadimplências, as ações acabam sendo movidas contra a cidade. Tramitam na Justiça muitos processos, sendo provenientes de causas trabalhistas, cíveis, entre outros. “Está bastante complicado administrar dessa maneira, porém esses obstáculos nos impulsiona a continuar trabalhando e buscando soluções e alternativas para tirar o nosso município dessa situação. Estamos realizando um diagnóstico para chegar a uma definição precisa desse precisa desse problema”, lembrou o Prefeito Terence Lessa.

“Esses recursos poderiam estar sendo investidos em obras, em serviços à nossa população e no custeio da máquina pública municipal, porém são descontados na fonte para o pagamento de dívidas contraídas Há décadas atrás, das quais o nosso gestor não teve nenhuma responsabilidade. Isso inviabiliza qualquer administração”, relata o Secretário de Planejamento e Gestão Alexsandro Cursino.

O problema é ainda maior, pois segundo informações a cada dia chegam ao Município novas ações judiciais trabalhistas e por falta de pagamento de administrações anteriores, que deverão ser transformadas em precatórios.

Infelizmente, antes da Lei de Responsabilidade Fiscal os prefeitos agiam sem qualquer planejamento ou responsabilidade, usando as finanças do Município ao seu bel prazer, sem se preocupar com as consequências e os prejuízos futuros.

Reportagem Stebanny Van Basten Néris

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*