Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

FORMOSA DO RIO PRETO:AUDIÊNCIA PÚBLICA DISCUTE O PLANO PLURIANUAL

Publicado em: 12/8/2013

p.txt
A audiência pública do Plano Plurianual, em Formosa do Rio, aconteceu nesta sexta feira, dia 09 de agosto, no plenário da câmara municipal. É o planejamento de políticas públicas que a prefeitura municipal deve fazer para um determinado período (2014/2017), objetivando estabelecer espaços privilegiados para a discussão, na esfera municipal, com os diversos segmentos da sociedade e da administração pública.

O prefeito Jabes Júnior fez a abertura da audiência, frisando que é extremamente necessária a participação do cidadão na elaboração do planejamento da administração pública, para que o trabalho executado a partir disso, seja cada vez mais próximo do desejado pela população.

Maglon Ribeiro, coordenador de planejamento estratégico da SICMTUR – Secretaria Municipal do Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços, Mineração e Turismo de Barreiras, palestrante do evento que, com presteza expôs sobre o PPA, sanou todas as dúvidas a respeito, detalhando que a execução do planejamento deve ser adequado à realidade orçamentária do município, portanto, que as propostas fossem feitas neste patamar.

Diversos segmentos da sociedade estiveram representados, com reivindicações para o setor de pequenos produtores no que diz respeito a agenciamento de produtos da agricultura familiar; necessidade de análise e trato (tecnificação) do solo para melhor assistência ao pequeno produtor; solicitações para a área da saúde, recadastramento urbano, infraestrutura (consonância no trabalho da Embasa/Prefeitura); melhores oportunidades de emprego para a juventude e muito mais.

O presidente da câmara fez o seu pronunciamento, aproveitando a oportunidade para convidar os presentes a comparecerem à cerimônia de lançamento do “site” oficial da câmara de vereadores, dia 15 de agosto próximo, às 18:30 hs, no plenário da casa.

O vice-prefeito, Gerson Bonfantti, observou sobre a participação cidadã ao evento que foi relevante com relação a reivindicar e sugerir e lembrou que é preciso objetividade na execução do plano. “É necessária a elaboração de um cronograma físico-financeiro. Além de planejamento orçamentário é preciso determinar tempo para execução”, finalizou o vice.
Fonte:Folha de Formosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*