Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Dilma é listada entre as ‘mulheres do ano’ pelo jornal ‘Financial Times

Publicado em: 08/12/2016

dilma-ft

A ex-presidente Dilma Rousseff foi listada entre as ”mulheres do ano” em uma edição especial do jornal de economia ”Financial Times”.

O nome de Dilma é o quarto em uma lista que tem como primeiro lugar a premiê britânica Theresa May, seguida pela ginasta Simone Biles e pela empresária Jean Liu, presidente da empresa Didi Chuxing (a ex-candidata a presidente dos EUA Hillary Clinton é o 10º nome da lista).

A edição se propõe a ”celebrar as conquistas das mulheres, e registrar seus fracassos”, e traz um longo perfil da presidente afastada no primeiro semestre, e uma entrevista em que ela fala do processo de impeachment e dos seus planos para o futuro.

”Para uma mulher que aguentou um duro processo político de seis meses que resultou em seu impeachment e retirada do poder, a ex-presidente brasileira Dilma Rousseff parace notavelmente relaxada”, diz o texto.

Apesar disso, diz o jornal, ela ainda demontra indignação quando fala sobre o processo que a afastou do poder (que ela chama de ”golpe”) e sobre o governo que a substituiu.

”É um governo de velhos homens brancos ricos, ou pelo menos do que querem ser ricos”, disse Dilma.

Segundo o ”FT”, o processo de impeachment foi um julgamento político. ”O verdadeiro motivo pelo qual ela perdeu o poder foi a queda na sua popularidade em meio a uma recessão crescente e uma investigação de corrupção na estatal Petrobras”, diz.

O ”Financial Times” foi um dos principais críticos estrangeiros à política econômica do governo Dilma. O perfil dela na edição especial do jornal aponta erros do seu governo, que levaram a piora na crise econômica, e diz que Dilma se nega a admitir responsabilidade. Os problemas do país, segundo ela, são efeitos da crise econômica internacional.

Dilma falou ainda sobre o fato de ter sido a primeira mulher presidente. Ela alega que queria deixar para as mulheres o legado de uma Presidência bem-sucedida, mas que pelo menos deixou o de uma mulher que não cedeu e que continuou lutando até ser derrubada.

De forma geral, o perfil passa uma imagem positiva da ex-presidente. É interessante perceber ainda que ele foi publicado em um momento em que a imprensa internacional, e o próprio ”FT”, parecem ter se virado contra o governo de Michel Temer. O jornal tem publicado várias reportagens mostrando o enfraquecimento do presidente em meio a novas crises, e chegou a dizer que ele está em uma corda bamba política.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*