Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

DERROTADO, GEDDEL GASTOU 7 MILHÕES NA ELEIÇÃO, ENQUENTO OTTO ELEITO, GASTOU 6 MILHÕES

Publicado em: 05/11/2014

por Fernando Duarte

Derrotado, Geddel gastou R$ R$ 7,1 mi na eleição, enquanto Otto utilizou R$ 6,3 mi para ser eleito

Foto: Bahia Notícias
Enquanto na campanha para o Palácio de Ondina dois candidatos acumularam débitos, na corrida pela vaga de senador nenhum dos postulantes apresentou déficit na prestação de contas da campanha. O senador eleito Otto Alencar (PSD) arrecadou R$ 6.313.748,24 e gastou R$ 6.313.304,93, apresentando o saldo positivo de R$ 443,31. O adversário dele, Geddel Vieira Lima (PMDB), que ficou na segunda colocação das urnas, gastou mais. O peemedebista obteve R$ 7.154.703,59 em doações e um total de despesas de R$ 7.142.503,97, resultando numa sobra de campanha de R$ 12.199,62. O saldo de Geddel, no entanto, foi menor que o deixado pela terceira colocada no pleito, a ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Eliana Calmon (PSB). A candidata do PSB deixou uma sobra de R$ 13.649,82, frente a uma despesa de R$ 2.815.791,28 com a arrecadação de R$ 2.829.441,10. Os demais candidatos registrados, Hamilton Assis (PSOL) e Adson Miranda, Idalba Oliveira e Marcelo Evangelista, todos do PEN, não tiveram informações da prestação de contas divulgadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*