Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



BURITIRAMA: SECRATARIA DA SAÚDE ACABA DE IMPLANTAR O PROGRAMA MEDCASA PARA O CIDADÃO

Publicado em: 14/3/2014

10001541_1482224985332635_1836901217_n 59978_1482224845332649_250550335_n10009342_1482224951999305_547328414_n 1240136_1482224921999308_367051765_n 6985_1482224965332637_1090418673_n

A Prefeitura de Buritirama, através da Secretaria Municipal de Saúde, em audiência pública realizada na Câmara de Vereadores, no último dia 06, apresentou e discutiu entre os presentes o problema da aquisição de medicamentos e insumos da assistência farmacêutica. O financiamento do Componente Básico da Assistência Farmacêutica, de responsabilidade do Governo Federal é de apenas R$ 5,10 (Cinco Reais e dez centavos) por habitante/ano e do Governo do Estado é de apenas R$ 1,86 (Um real e oitenta e seis centavos) por habitante/ano, o que já é uma grande evidência de que há uma imensa ESCASSEZ DE RECURSOS de financiamentos para a saúde pública.

Nesta ocasião lançou também o programa MEDCASA , em parceria com o governo do Estado, que fornecerá medicamentos diretamente nas casas de portadores de Hipertensão e Diabetes que estejam com HIPERTENSÃO E DIABETES SOB CONTROLE, além de mulheres cadastradas no programa de Planejamento Familiar. O principal objetivo da Secretaria Municipal de Saúde é a de garantir o acesso a MEDICAMENTOS ESSENCIAIS, bem como garantir acesso aos anticoncepcionais orais e preservativos do Programa de Planejamento Familiar.

O usuário que é hipertenso, diabético ou inserido no Programa de Planejamento Familiar deve se dirigir a Unidade Básica de Saúde para avaliação quanto aos critérios de inclusão que após a avaliação na própria Unidade Básica de Saúde o usuário deverá ser cadastrado no Programa MEDCASA. A equipe da UBS cadastrará e acompanhará o paciente que a cada três meses receberá o medicamento em casa, mas, antes de completar esse período deverá avaliar a sua saúde, que possibilitará ou não, a continuidade do tratamento.

Foi efetuado um cadastramento simbólico para a utilização do Programa MEDCASA dentre os primeiros 50 usuários, e o mais importante, NÃO haverá limites para cadastramento de usuários.

Além de um bom público, participaram do debate a Secretária de Saúde, Nádia Caitano, Grasciella Chagas (Assessora), Maria Dourado (Representante dos Usuários), Raimundo Nonato Jacobina (Conselheiro Municipal de Saúde), Marcio Rogerio (Farmacêutico da Atenção Básica), Irom Marques (Secretário de Administração, representando o Prefeito Arival Viana), Patricia Azevedo (Diretora da Atenção Básica), Messias Ferreira (Representante dos Enfermeiros das UBS) e os Vereadores, Antonio Ferreira, Elizangela Santos de Oliveira, Nairoldo de Almeida Santos, Edson Ramos da Costa.

É o GOVERNO AÇÃO E JUSTIÇA, melhorando a qualidade de vida dos pacientes, principalmente daqueles com dificuldade de locomoção, diminuindo assim os índices de abandono do tratamento.Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*