Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Bruno Reis quer ‘surpreender’ com número de mulheres no secretariado

Publicado em: 18/12/2020

por Fernando Duarte

Bruno Reis quer 'surpreender' com número de mulheres no secretariado

Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Mesmo com apenas pílulas circulando nos bastidores, o secretariado da gestão de Bruno Reis, prometido para ser anunciado entre o Natal e o Réveillon, tentará “surpreender” com a participação de mulheres no primeiro escalão. A promessa é citada por um interlocutor próximo ao prefeito eleito, que tem acompanhado de perto as conversas. Até aqui, apenas o nome da vice, Ana Paula Matos, está com o martelo batido no comando da Secretaria de Governo (lembre aqui).

 

O atual vice-prefeito não tem participado presencialmente de negociações para os cargos, após ter sido diagnosticado com Covid-19 (lembre aqui). Nesta quinta-feira (17), quando seria diplomado prefeito, Bruno Reis não compareceu ao ato no Tribunal Regional Eleitoral, mantendo a isolamento em virtude da doença. A diplomação, que autoriza a posse, deve acontecer na próxima semana, segundo previsão de aliados.

 

O futuro prefeito não teria definido um número mínimo de mulheres, porém tem insistido, conforme figuras próximas à gestão, que a perspectiva é de tornar o primeiro escalão uma referência nacional no debate sobre gênero. A iniciativa seria uma tentativa de “mostrar a força da mulher”, utilizando-as em posições estratégicas. Isso causaria, automaticamente, uma ampla renovação no secretariado, dominado majoritariamente por homens na administração de ACM Neto.

 

Bruno Reis não se pronuncia sobre o tema. Após a eleição, o atual vice tem mantido discrição sobre as conversas para ocupar as posições chaves da gestão. Todavia, a aliados, ele tem indicado também o interesse em ampliar a participação de negros no secretariado.

 

REMANESCENTES

Pelo menos dois secretários de ACM Neto devem permanecer na próxima administração. O deputado estadual licenciado Léo Prates tem dado sinais de que preferiria retornar à Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), porém a possibilidade de agravamento da crise do novo coronavírus deverá mantê-lo na Secretaria Municipal de Saúde (lembre aqui).

 

Outro remanescente é o titular da Casa Civil, Luiz Carreira (lembre aqui). Ainda que tenha exercido cargos eletivos, o secretário é considerado técnico e vai continuar tocando a organização e execução de projetos do Palácio Thomé de Souza, numa espécie de guardião do “cofre” das iniciativas da prefeitura junto ao governo federal e outras parceiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*