Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



BARREIRAS:PREFEITURA TRABALHA EM RITMO ACELERADO NA RECUPERAÇÃO ASFALTICA DA CIDADE

Publicado em: 26/1/2014

asfalto

asfalto1

asfalto2
A Prefeitura de Barreiras iniciou na manhã desta sexta-feira, 24, o trabalho de recuperação asfáltica das principais avenidas localizadas no centro da cidade. O trabalho que teve inicio na avenida de acesso ao Bairro Ribeirão (Saída para São Desidério) e continua nas Avenidas Clériston Andrade e Antonio Carlos Magalhães se estenderá pelas principais vias da cidade.

Os serviços realizados pela Prefeitura por meio da secretaria de serviços públicos do município fazem parte da operação “Redução de Buracos” que prevê ações em vários bairros. Máquinas e homens trabalham em ritmo acelerado nas avenidas, onde inicialmente está sendo feito a camada de regularização, depois o recapeamento e por fim as avenidas receberão uma camada de três cm de asfalto novo feito pela máquina acabadora.

“O trabalho realizado pela prefeitura nas ruas da cidade é muito bom, podemos passar por um transtorno agora, mas o resultado é que todos nós barreirenses precisamos, nossas ruas asfaltadas e sem buracos”, falou o motorista Sandro Gonzaga.

De acordo com o secretário de serviços públicos, João Muniz, a avenida de acesso ao Ribeirão (saída para São Desidério) recebe desde a o ultimo dia 13, uma frente de trabalho da prefeitura para solucionar os problemas existentes no local.

Segundo o Prefeito Antonio Henrique, recuperar a malha asfáltica de Barreiras é um compromisso, já que toda a população vem sofrendo há muito tempo com as condições precárias das ruas.

“O trabalho de recuperação asfaltica na cidade já está acontecendo nas avenidas e na saída para São Desidério e será ampliado para as principais vias. Iremos resolver o problema na infraestrutura da cidade, trabalhando para diminuir os buracos que causam transtornos a população, com esse trabalho garantiremos aos moradores mais conforto, qualidade de vida, e melhor trafegabilidade aos veículos”, destacou Antonio.Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*