Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









BAHIA:EDUCAÇÃO AMBIENTAL VAI FORTALECER AÇÕES E PROJETOS NAS ESCOLAS

Publicado em: 13/9/2013

img_educacaoambiental_bahia_desenho

A cerimônia de lançamento do Programa de Educação Ambiental do Estado da Bahia (PEA-BA), nesta quinta-feira (12), no auditório da Secretaria da Educação, foi marcada pela expectativa dos educadores. O programa, coordenado pelas secretarias da Educação e do Meio Ambiente (Sema), foi construído coletivamente pela sociedade civil e técnicos de governo, a partir da sistematização do conteúdo debatido nas consultas públicas, para fortalecer ações, projetos e programas setoriais e territoriais de educação ambiental.

Para o secretário do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, o lançamento do PEA coroa uma etapa da construção da política ambiental e, ao mesmo tempo, traz importantes desafios. “Nosso maior desafio é ampliar o processo da educação ambiental para todos os segmentos da sociedade, permitindo, assim, que a gestão ambiental se dê de uma forma sustentável e que as ações contidas no programa sejam colocadas em prática”, considerou.

“A construção do PEA, que se deu de forma articulada à Consulta Pública da minuta da Política Estadual de Educação Ambiental (atual Lei nº 12.056/11), envolveu cerca de cinco mil pessoas ao longo de 26 seminários territoriais. Esse processo nos traz a responsabilidade de lidar com um programa que tem como eixo estruturante a tranversalização de todas as ações da política pública”, destacou a superintendente de Desenvolvimento da Educação Básica da Secretaria da Educação, Amélia Maraux.

Agenda interna – Maraux destacou, ainda, que a Secretaria da Educação vem construindo uma agenda interna, por meio da Coordenação de Meio Ambiente. “Nosso objetivo é que as ações voltadas à educação ambiental possam, efetivamente, acontecer nas salas de aula, onde elas devem ser realizadas”.

Entre os projetos, desenvolvidos ela citou o Programa de Educação Ambiental do Sistema Educacional (Proease), criado para fortalecer a temática na escola, estabelecendo princípios gerais, diretrizes pedagógicas, orientações curriculares e linhas de ação. Segundo a superintendente, outro grande desafio é fazer com que a educação ambiental repercuta na formação integral dos estudantes.

“E é o que temos feito, levando em conta que essa construção caminha e se expressa muito bem a partir das conferências que já foram realizadas por 1.300 unidades escolares, atingindo 298 municípios”, destacou. Entre os dias 16 e 18 de outubro, acontece a II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, quando muitas das temáticas destas conferências municipais vão ser trabalhadas.

Ações ampliadas – Em 2012, a Secretaria da Educação do Estado ampliou as ações de educação ambiental para 100% das escolas da rede estadual. “A educação ambiental, como parte do currículo da educação básica, vem sendo promovida de forma articulada em todos os níveis e modalidades do processo educativo. A temática é inserida nas diversas disciplinas do currículo, considerando sua importância para a formação cidadã dos estudantes”, afirmou Amélia Maraux.

Para atender à demanda, a Secretaria da Educação desenvolve iniciativas estratégicas na área, como formação em educação ambiental para professores, gestores e estudantes-monitores e projetos. Além disso, a secretaria incentiva a participação da comunidade escolar em ações e programas, em parceria com outras instituições, e em fóruns para construção de propostas no campo da Educação Ambiental.

Secom/Governo da Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*