Bem Vindo ao Correio do Oeste - 11 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

APÓS ALEGAR CENSURA, JORNAL É AUTORIZADO PELO STF A ENTREVISTAR LULA NA PRISÃO

Publicado em: 28/9/2018

Luiz Inácio Lula da Silva dará primeira entrevista depois que foi preso, para colunista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo

Foto: reprodução/Instagram

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Detido em Curitiba desde 7 de abril após condenação em segundo grau na Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva dará primeira entrevista depois que foi preso, para colunista Mônica Bergamo da Folha de S. Paulo. A autorização foi dada pelo ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A liberação foi concedida após o jornal argumentar ao STF contra uma decisão da 12ª Vara Federal em Curitiba, que negava ao petista conceder qualquer tipo de entrevista ou contato com a imprensa. A Folha alegou que a prática funciona como um tipo de censura à atividade jornalistica e liberdade de expressão.

“Não há como se chegar a outra conclusão, senão a de que a decisão reclamada [da Justiça em Curitiba], ao censurar a imprensa e negar ao preso o direito de contato com o mundo exterior, sob o fundamento de que ‘não há previsão constitucional ou legal que embase direito do preso à concessão de entrevistas ou similares’, viola frontalmente o que foi decidido na ADPF 130/DF”, escreveu o ministro.

“O STF, em inúmeros precedentes, mesmo antes do julgamento da ADPF 130, já garantiu o direito de pessoas custodiadas pelo Estado, nacionais e estrangeiros, de concederem entrevistas a veículos de imprensa, sendo considerado tal ato como uma das formas do exercício da autodefesa”, afirmou Lewandowski.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*