Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









ADAB REALIZA CAPACITAÇÃO EM FITOSSANIDADE NA CULTURA DO ABACAXI

Publicado em: 23/7/2013

Entre os dias 30 e 31 deste mês a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), vinculada à Secretaria da Agricultura (Seagri) realiza capacitação em Fitossanidade na cultura do abacaxi, na sede da Associação de Pequenos Produtores das 3 Missas, em Valença. O curso consiste na implantação de jardins clonais da variedade Vitória, resistente à Fusariose – principal praga desta cultura que vem dizimando as lavouras com perdas de 20 a 90% -, como solução de controle e manejo desta praga e é voltado para os produtores rurais da região.

A abacaxicultura no baixo sul da Bahia se constitui, principalmente, de pequenos plantios de agricultores familiares. “A variedade cultivada por estes, a Pérola, é suscetível a Fusariose. Por isso, e diante dos inquéritos fitossanitários realizados pela Coordenadoria Regional da Adab em Itabuna, onde se constatou o alto Nível de Dano Econômico (NDE), a estratégia de controle recomendada pela Adab para controlar a praga é o plantio de variedade resistente à Fusariose” orienta o gerente de Ilhéus, Geraldo Nascimento.

A Fusariose se desenvolve sob as condições do clima quente e úmido da região e pode dizimar os pomares cultivados. “Para evitar um problema de amplitude maior, estamos capacitando os produtores quanto ao manejo da cultura e para que eles possam vivenciar na prática, a fitossanidade de variedades resistentes à Fusariose” afirma o diretor de Defesa Sanitária Vegetal, Armando Sá. “As mudas já se encontram disponíveis na Biofábrica em Uruçuca”, alerta.

“A preservação da saúde da cadeia produtiva do abacaxi é de suma importância, considerando a potencialidade de desenvolvimento social e econômico do Baixo Sul baiano, na geração de postos de trabalho e renda, além da garantia da qualidade e segurança do alimento, com reflexos positivos para os indicadores socioeconômicos”, ressalta o diretor geral da Adab, Paulo Emílio Torres.

Após o curso, a Adab por meio da Superintendência da Agricultura Familiar (Suaf/Seagri), disponibilizará as mudas para os produtores que só poderão adquiri-las através de suas entidades representativas. “Estas estão aptas ao plantio que terá o acompanhamento sistemático da Adab nos tratos fitossanitários da lavoura, garantido o sucesso dos agricultores e desta maneira, sanando o problema epidemiológico da Fusariose na abacaxicultura regional”, finaliza o engenheiro agrônomo da Adab, Antonio Bergemann. As ações para o controle da Fusariose constam no Projeto de Fitossanidade do Abacaxi sob coordenação da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia. Índice

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*