Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









A GUERRA DO PODER CONTRA A VIOLÊNCIA

Publicado em: 27/10/2016

por Samuel Celestino

A guerra do Poder contra a violência

Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil
Deixando de lado a condição de Renan Calheiros como “manda-chuva da República”, a PEC 241 chegou ao Senado abrindo espaço, depois de votada em segundo turno na tarde-noite de terça-feira (25) na Câmara, para que a bola da vez passasse a ficar com o Senado. Ocorre que o presidente Calheiros resolveu marcar a votação definitiva da PEC para os dias 13 e 14 de dezembro, quando o Palácio do Planalto esperava rapidez no processo. Pelo sim, pelo não, o governo resolveu ficar em silêncio para que não houvesse continuidade da retaliação que se observa entre o Senado e o Supremo Tribunal Federal (STF), aumentando a briga entre os dois poderes. A primeira tentativa para diminuir o clima entre Renan Calheiros e a ministra Carmem Lúcia, presidente do STF, gorou. Chegou-se, no entanto, a uma fórmula alternativa entre os três Poderes. Os três chefes se reunirão nesta sexta (28) para discutir questões vinculadas à segurança pública. É um tema pesado porque o que ocorre no país é um clima marcado pela criminalidade como nunca houve. O Brasil está se transformando num dos países mais violentos do planeta e é preciso que se tomem decisões imediatas, o que se espera que aconteça na reunião de amanhã. O crime está presente em todas as partes, principalmente aqui em Salvador, no Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre, e especialmente nesses quatro estados. Portanto, a reunião esperada para tratar da segurança pública está muito além desta guerrinha entre o Senado e o STF. Espera-se que o presidente Michel Temer, a ministra Carmem Lúcia e Renan Calheiros esqueçam as suas desavenças  e se coloquem como chefes de estado tomando medidas enérgicas para acabar com a guerra que está presente, não somente nos estados acima citados, mas em todos os estados da federação. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*