Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

LEM: PARA OZIEL OLIVEIRA, O PPA NÃO SERÁ UMA SIMPLES PEÇA CONTÁBIL

Publicado em: 12/1/2018

 

O novo governo do prefeito Oziel Oliveira, no município Luís Eduardo Magalhães, a palavra de ordem é planejamento. Um grande e importante passo, porque o planejamento só funciona de fato na gestão pública se o gestor validar o processo de planejamento. Numa gestão pública é o prefeito que define o modelo de gestão e a linha de conduta do governo e não, como se ouve na maioria das vezes: ” secretário sabe o que deve ser feito”. O resultado dessa pratica: uma gestão fracionada e sem objetivo comum. A nova gestão de Oziel , para um novo tempo em LEM, avança na busca de otimizar a alocação de recursos para a produção de resultados tangíveis.

Em LEM, o processo de planejamento envolvendo toda a equipe é uma iniciativa do próprio prefeito ao reconhecer que é muito difícil governar um município , na atual conjuntura, sem planejamento. O trabalho consiste em desdobrar o PPA , que traz no seu contexto o plano de governo e os compromissos de campanha, ações do plano LEM 50 ,em um Portfólio (carteira ) de projetos e ações prioritárias, implementando assim um novo modelo de gestão , mais técnica ,e, em busca constante de eficiência, para a Luís Eduardo Magalhães de 82 mil habitantes.

O trabalho desenvolvido traz como consequência criar uma agenda positiva, uma orientação única e sinergia integradora de toda a organização prefeitura; bem como inibir a dispersão de esforços e a perda de foco, o que significa definir o que fazer e o que não fazer; o governo assumir uma postura gerencial – aumentar a capacidade de governo, transformar intenções em resultados efetivos e por fim, realizar a medição e avaliação do progresso do esforço estratégico, contemplando assim o IEGM/TCM – Índice de Efetividade da Gestão Municipal

Vale ressaltar que a gestão planejada contribui significativamente para desenvolver o trabalho em equipe -mobilização de recursos , trabalho em rede e alinhamento dos gestores em torno da agenda de prioridades, ou seja promover a integração das unidades administrativa da prefeitura visando melhores práticas de gestão.

Resultado, mais benefícios relevantes em atendimento as demandas mais latentes da população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*