Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









UNICOM REPUDIA ATITUDE DO VEREADOR TITO

Publicado em: 05/9/2016

000repudio

Com o objetivo de lutar pela democratização das comunicações no Oeste da Bahia e para que a transmissão de informação em massa se torne efetivamente um direito de todo ser humano, surge a União dos Comunicadores Sociais do Oeste da Bahia (Unicom), que tem na sua essência a liberdade de expressão, que somada à ética no exercício profissional de comunicar, a busca incessante pelo olhar crítico sobre os fatos, o não atrelamento político-editorial e a defesa dos interesses dos profissionais e veículos da área na região, formam o conjunto de propósitos da entidade.

Deste modo, repudiamos a tentativa de intimidação da imprensa livre de Barreiras por parte do presidente da Câmara de Vereadores, Carlos Tito (PSDB), que açodadamente decidiu delatar à Justiça Eleitoral o portal TV Web e seu editor Tiago Portela. Se isso não bastasse, o postulante a prefeito do município também fez distribuir nota aos veículos de comunicação de Barreiras com o objetivo claro de avisar sobre sua disposição em calar aqueles que buscam a verdade como matéria prima.

Diferentemente do que o vereador Carlos Tito escreveu, que havia processado o blog TV Web por denegrir sua imagem com “notícias falsas”, é preciso que fique claro, ainda mais neste período em que a população brasileira tem a oportunidade de escolher seus representantes municipais, que o vereador teve sim suas contas pessoais e da Câmara de Barreiras bloqueadas pela Justiça. De igual forma, o cidadão Tito foi julgado e condenado em 2007 pelo crime de estelionato.

Não há entre nós, membros da Unicom, um único comunicador que tenha o interesse de conspurcar a honra ou moral de quem quer seja. Tratar de fatos, sejam eles do passado ou não, significa obrigatoriamente ter de falar a verdade. Não vamos aceitar que “intocáveis” sintam-se no direito de pautar ou julgar o que é correto ser publicado. Toda e qualquer tentativa de censura ou criminalização do exercício profissional da comunicação será rebatida ao tamanho e proporção da agressão.

Por fim, nós profissionais de comunicação que lutamos verdadeiramente pela ‘mudança para valer’, estamos atentos contra o surgimento de novos tiranos.

 

UNIÃO DOS COMUNICADORES SOCIAIS DO OESTE DA BAHIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*