Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

TRANSEXUAL É EXECUTADA COM 6 TIROS;POLÍCIA SUSPEITA DE CRIME DE HOMOFOBIA

Publicado em: 07/6/2015
Andréia foi atacada em Porto Alegre por dois homens (Foto: Facebook/Reprodução)

Andréia foi atacada em Porto Alegre por dois homens (Foto: Facebook/Reprodução)

Uma transexual foi morta a tiros na madrugada desta quinta-feira em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O crime ocorreu por volta de 1h30m da manhã, na Rua Câncio Gomes, no bairro Floresta. A vítima, Andréia Amado, tinha 29 anos e trabalhava como garota de programa.

A morte de Andréia Amado pode ter sido um crime de homofobia. Essa é a principal linha de investigação adotada pela 2ª DHPP a partir das primeiras informações colhidas no local do crime.

— É uma hipótese que não descartamos e parece a mais concreta até agora. Mas ainda vamos apurar outras situações — esclarece o delegado Filipe Bringhenti.

Segundo testemunhas, pelo menos dois homens teriam chegado à Rua Câncio Gomes caminhando e fumando maconha. Teriam xingado um travesti que se prostituía no local e, em meio à discussão, apontaram a arma contra ele, ameaçando mata-lo. O travesti correu e eles seguiram caminhando até se depararem com Andréia.

Teriam falado alguma coisa para ela e atiraram quatro vezes contra o peito da vítima, que não teve reação. Fugiram caminhando até entrarem em um táxi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*