Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



SITIO DO MATO: ELEIÇÃO MUNICIPAL PROMETE SER UM VERDADEIRO QUEBRA-CABEÇA

Publicado em: 25/2/2015

CYMERA_20150225_194002

Passado o processo eleitoral de 2014 referente a eleição de deputados, onde muitos nomes de Sitio do Mato disputavam ou apoiavam alguém para fortalecer-se visando as eleições 2016.

Quem achou a disputa PT x PSDB ao Governo Federal acirrada, não tem noção do que vem por aí em Sitio do Mato nas eleições de 2016.

As eleições para prefeito e vereadores só acontecem em outubro de 2016, mas em Sitio do Mato, a disputa pela cadeira de Prefeito, começou, na verdade, em 2014. Detalhe importante: O prefeito atual, com inúmeros problemas na justiça não poderá mais ser candidato, uma vez que na eleição passada só conseguiu o direito no final da campanha através de uma liminar que permitiu a sua candidatura e em sua defesa a alegação de que o seu processo de Rejeição de suas contas não havia na ocasião sido transitado e julgado em última instância(finalizado), só que esse processo de rejeição já foi julgado, o que torna praticamente impossível uma segunda liminar em função da sua inelegibilidade. No entanto, não abre mão de eleger o sucessor que provavelmente será um parente de terceiro grau, o que para os políticos como ele seria uma grande vitória e garantia de continuidade.Mas, segundo informações, a estratégia será trocar o nome quando tiver faltando 15 dias para o dia da eleição.

Na oposição, alguns nomes se articulam. O mais fervoroso opositor é CÁSSIO CURSINO: Desde a eleição de 2008 em que foi um dos mais votados para vereador e foi considerado o Presidente da Câmara mais atuante da história, seu nome já surgia como forte para chegar um dia à Prefeitura. Problemas impediram que viesse em 2012 na cabeça, mas após uma votação história para Deputado Estadual, chegando à suplência e com boas chances para ocupar o cargo de deputado. Sua equipe é a mais entusiasmada e tudo indica que virá com tudo para as eleições 2016. A coligação que o grupo de Cássio está formando provavelmente será a maior, uma vez que segundo informações já conta com mais de 30 pré-candidatos a vereadores em sua base. Sem entrar em detalhes, diz ter mais de 12 partidos no seu apoio. “O nosso grupo político é quem vai decidir o que for melhor, inclusive, sobre a indicação do vice”.Diz Cássio Cursino.

Outro pré-candidato a prefeito é o Etyene Dias, que foi vereador pelo extinto PFL em 2004 pelo grupo de Alfredinho e vice Prefeito em 2008 pelo PT, apoiando o ex Prefeito Dionísio.Em 2012 perdeu as eleições ficando na terceira colocação.

Na última eleição de 2014 o candidato Jonas Paulo apoiado por Etyene ficou na quarta colocação no Município. Etyene, apesar de estar morando em Brasília desde Janeiro de 2013, ainda é o principal nome do PT na cidade; possui uma base de fiéis eleitores do PT e é um dos bons nomes que podem pintar nas eleições de 2016. Ele e Cássio já demonstraram um bom entrosamento, são amigos e ainda vão discutir bastante a possibilidade de uma aliança, uma vez que os dois têm objetivos em comum que é o de renovar a política do município e tanto um quanto o outro encabeçam muito bem essa bandeira.

Na lista dos candidatos pode pintar também um candidato do grupo do Ex Prefeito Dionísio, apesar do desgaste que o grupo vem sofrendo, ainda contam com alguns eleitores fiéis em sua base política. Claro que esses eleitores fiéis, estão a cada dia diminuindo e já não é mais suficiente para vencer uma eleição de Prefeito no Município, ainda assim, o apoio do grupo do ex- prefeito pode ser determinante no resultado das próximas eleições.

Tanto o atual Prefeito, quanto os outros dois candidatos da oposição podem e sonham em ter o apoio do grupo do ex Prefeito em 2016.

Na realidade, todos os pretendentes sonham com alianças, no entanto, seria muita ingenuidade da parte de alguns, acharem que alguém vai abrir mão da sua pretensão a mais de um ano e meio das eleições. De nada adianta correr atrás de apoio de um desses grupos a esta altura, pois seria perda de tempo. Resta nesse momento aos pretendentes, arregaçar as mangas, aparecer bem na mídia, visitar as bases políticas, construir uma boa chapa de vereadores, se fortalecer ao máximo possível; e aí sim, aqueles que em 2016, próximo às convenções tiverem mais fortalecidos são os que receberão apoios dos grupos políticos.

É pouco provável que um grupo que esteja forte apóie outro mais enfraquecido. O contrário disso é uma projeção bem mais realista e justa. É bem perceptível que as movimentações para as eleições de 2016 em Sitio do Mato já começaram a agitar os bastidores da política local, com os possíveis pretensos candidatos à Prefeitura e a cada dia surgem novidades. VAMOS AO DEBATE!!!!

Por Vagner Santos- Articulista Politico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*