Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

SESAB: “MAIS DE 50 EMPRESAS IRREGULARES”, DIZ GABAN

Publicado em: 06/11/2014
Irregularidades em gestão da Sesab dominam debate na assembleia

Gaban diz que há ainda 50 empresas ilegais / Foto: Max Haack / Bahia Notícias
A sessão desta quarta-feira (5) na assembleia legislativa, mesmo com quórum pequeno de deputados, foi marcada pela discussão em torno do relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE) que apontou irregularidades na contratação de empresas e médicos durante da gestão do então secretário de Saúde, Jorge Solla, em 2012. Segundo a 2ª Coordenadoria de Controle Externo do TCE, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contratou empresas em que sócios eram funcionários da pasta. A corte de contas do estado, mesmo aprovando o relatório por unanimidade, revelou outras irregularidades, como número elevado de faltas em plantões e descumprimento de carga horária. Segundo Carlos Gaban (DEM), o governo deve demitir todos os gestores que atuaram na época e cobrou a abertura das investigações. Segundo o vice-líder da oposição, das 271 empresas contratadas pela Sesab em 2012, com 474 servidores da própria secretaria, 50 delas ainda mantém vínculos com o estado neste ano. Já o líder do governo na assembleia, Zé Neto (PT) rebateu Gaban e disse que não há mais irregularidades na contração de empresas e profissionais. O petista também declarou que atualmente os governos têm sido obrigados a terceirizar a contratação para suprir os serviços na saúde pública. Informações do A Tarde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*