Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



SE NAO APOIAR DILMA, PR ENTREGARÁ MINISTÉRIO COMANDADO POR CESAR BORGES

Publicado em: 21/6/2014

por Erich Decat

Se não apoiar Dilma, PR entregará ministério comandado por César Borges

Foto: Agência Brasil
O presidente nacional do PR, senador Alfredo Nascimento (AM), afirmou neste sábado (21) que, caso o partido não oficialize apoio à candidatura à reeleição de Dilma Rousseff, a legenda deixará os cargos no governo. “Se não ficar com Dilma tem que entregar o cargo. Entrega naturalmente”, afirmou Nascimento em entrevista ao jornalistas que acompanham a convenção nacional do PR, realizada em Brasília. Atualmente, o partido ocupa o ministério dos Transportes, comandado por César Borges, que não está presente no encontro do PR. A convenção do partido também é marcada pela ausência da maioria da bancada da Câmara. De acordo com a lista de presença, apenas nove dos 32 deputados estão presentes na convenção. Alfredo Nascimento minimizou, no entanto, o esvaziamento do encontro. “A legislação estabelece que o convencional pode ter procuração e os deputados que não estão presentes mandaram procuração”, afirmou o senador. O partido chegou à convenção dividido em quatro correntes. Permanência da aliança com a presidente Dilma Rousseff, apoio à candidatura presidencial de Aécio Neves (PSDB) ou de Eduardo Campos (PSB). E uma última corrente, que defende a candidatura presidencial do senador do partido Magno Malta (ES). Devido a esse racha, a tendência é que os convencionais deleguem à Executiva Nacional uma decisão final sobre a composição da aliança presidencial. “Na convenção de hoje foram colocadas apenas duas propostas: a candidatura presidencial do senador Magno Malta e uma proposta de levar essa decisão para a Executiva do partido”, explicou Alfredo Nascimento. O resultado deve ser divulgado no dia de hoje. A tendência é que prevaleça a tese de adiamento. Isso ocorrendo, a Executiva Nacional do PR deve se reunir no próximo dia 30, prazo limite para definição das chapas da próxima eleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*