Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









SÃO DESIDÉRIO: FESTEJOS DE SANTA CRUZ EM RIACHO GRANDE ATRAÍ MUITOS FIÉIS

Publicado em: 07/5/2015
Em homenagem a uma tradição secular, foram comemorados neste fim de semana os festejos da Santa Cruz, no povoado de Riacho Grande, a 08 km da sede. No sábado, 02, pela manhã, aconteceu um torneio de futebol society, na manhã de domingo, 03, foi celebrada a Santa Missa, na sequencia houve a 1ª saída dos foliões do Divino Espírito Santo de 2015. No período da tarde às 16 h. os fieis realizaram um ato de fé e devoção subindo os 110 degraus do morro que dá acesso a Santa Cruz.
Para o secretário de cultura Nerito Carvalho, é de grande importância preservar essa cultura centenária. “Nós temos contado com o apoio de todos, prefeitura, igreja e sociedade, essa parceria é muito importante porque tem nos proporcionado grandes realizações e mantendo a nossa cultura viva”, declara.

“A Secretaria de Cultura está sempre atenta a todos os festejos e eventos culturais do nosso município, não podemos deixar de forma alguma de dar o nosso apoio, de estar próximo das pessoas que organizam esses eventos, para que as tradições possam sempre continuar vivas na memória das pessoas. É uma festa que atrai pessoas de diversos estados e localidades”,  afirma o prefeito Demir.
Anísia de Oliveira Lima, 75 anos, reside em Goiânia. “Eu participo desta festa porque temos que aceitar Jesus em nosso coração. Eu gosto de vir assistir a missa porque é onde eu encontro a palavra de Deus”, disse.
O senhor Agnaldo Rodrigues Porto, também de Goiânia. “Desde criança eu participo desta festa que é muito boa, aqui a gente também encontra os amigos. Na subida a gente fica com as pernas doendo, mas é a fé que vale”, assegura.
Segundo o padre Pedro Felipe,  a tradição da subida do morro conserva nos cristãos um ato de penitência e fé.  “É um ato que liberta de todo o mal e de todas as impurezas do tempo hediondo, essa subida deve ser feita com o coração voltado para a videira que é o próprio cristo que nos espera lá de braços abertos, e se possível for,  nos colocar de joelhos diante da madeira sagrada e agradecer a Deus pelo dom da salvação, porque a cruz é a magnífica resposta do amor de Deus para a humanidade e um sinal de salvação”,  declara.
Texto e fotos: Ascom/SD

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*