Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



SÃO DESIDÉRIO: CAPS PROMOVE CAPACITAÇÃO PARA PROFISSIONAIS DA REDE MUNICIPAL DE SAÚDE

Publicado em: 01/12/2014
 
Aconteceu na última sexta-feira, 28, no auditório do posto de saúde Antônio Pereira da Rocha, uma capacitação para profissionais da rede municipal de saúde. O evento foi realizado pela equipe do CAPS que abordou assuntos relacionados à saúde mental. Estiveram presentes médicos, enfermeiros, psicólogos, membros da SAMU, e o secretário municipal de saúde, Jeferson Barbosa.
 
A capacitação foi mediada pelo psiquiatra Enock Luz Souza, que explicou sobre vários aspectos de transtornos mentais. “As pessoas tem que entender que depressão não é transtorno mental. Uma depressão pode ser causada por um surto social e o individuo acaba se insolando. Já uma pessoa que apresenta certo tipo de transtorno mental vive fora da realidade”, explanou o psiquiatra Enock Luz.

 

 
Para o psiquiatra a sociedade ainda é preconceituosa aos psicóticos. “Já foi pior, mas, ainda existe um grande preconceito na sociedade quando se refere a uma pessoa psicótica. Uma pesquisa mostra que 98% de homicídios no mundo são causados por pessoas normais e apenas 2% são psicóticos. Então, esses dados aponta que os psicóticos não fazem nada a ninguém”, disse.
Durante a capacitação, foram apresentadas em slides algumas orientações sobre transtorno mental, depressivos-fóbicos, ansiedade, demência, epilepsia, álcool e drogas ilícitas. “Atualmente a equipe do CAPS é formada por profissionais capacitados para cada setor, e  temos mais de 1.200 cadastrados, todos com uma atenção especial”, disse a coordenadora e psicóloga, Vandréia Mendes. Para o secretário de saúde, Jeferson Barbosa o momento é muito importante. “Uma capacitação que tem por objetivo passar aos profissionais de saúde informações relevantes sobre pessoas psicóticas, e que ainda hoje, convivemos com um grande preconceito social”, explanou.
 
O psiquiatra, Enock Luz, relata que o acompanhamento familiar é indispensável na vida de um psicótico. “ A estrutura familiar e o apoio são essenciais. A família são os verdadeiros responsáveis para dar continuidade a autoestima e recuperação a essas pessoas. E para finalizar deixo como incentivo uma frase da música do cantor Caetano Veloso, “De perto ninguém é normal”, aconselhou.
Texto e fotos: Diego Souza

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*