Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









SANTA RITA:CÂMARA APROVA PROJETO QUE REDUZ SALÁRIOS DOS CARGOS DE CONFIANÇA E CRIA SECRETARIA DA JUVENTUDE

Publicado em: 17/2/2013

imagesNesta sexta(15)na primeira sessão da Câmara, os vereadores aprovaram uma lei enviada pelo prefeito Joaquim Geraldo(PMDB) promovendo um grande redução de salário em praticamente todos os cargos comissionados da Prefeitura. Em alguns cargos a redução chegou a 50% nos salários.

A medida, segundo o prefeito, é para adequar o município à Lei de Responsabilidade Fiscal, pois a Prefeitura vinha por 3 anos consecutivos descumprindo o percentual máximo de gastos com funcionários, que é de 54% da receita total. Em 2010, a folha salarial correspondeu a 61% da receita; em 2011 ficou em quase 56% e em 2012 pode ter atingido 54%. Por esse motivo, as contas do ex-prefeito Romualdo de 2011 foram
rejeitadas pelo TCM e as de 2012 também correm esse risco.

NOVAS SECRETARIAS

Dentro do mesmo projeto de lei, a Câmara aprovou a criação de mais 3 secretarias. A de Juventude, Esporte, Cultura  e Turismo foi bandeira de campanha do prefeito, inclusive para afagar seu vice  Túlio Guedes (PRB), que elaborou a estrutura da nova secretaria, bem como suas atribuições. O principal desafio da secretaria será promover a inserção da juventude no mercado de trabalho.

As outras duas unidades são a Secretaria de Governo e a Secretaria de Recursos Hídricos e Combate à Seca, que terá a missão de administrar e promover o abastecimento de água em toda a zona rural. Na cidade, essa função cabe ao SAAE.

Mesmo com a criação das novas secretarias, a economia nos gastos com pessoal pode chegar a mais de R$ 70 mil por mês.

AUMENTO DA ÁGUA
Alguns vereadores da oposição criticaram o recente aumento de 30% em média nas tarifas de água promovido pelo SAAE. Disseram que em alguns casos o aumento foi abusivo. O Líder do Governo, vereador Véi de Victor (PSDB), lembrou que a situação financeira do SAAE está crítica, inclusive sem poder comprar até mesmo o cloro para tratamento da água.
Ele lembrou ainda que já são 4 anos sem aumento e que gestão anterior deu
aumento semelhante em 2009.

Fonte: Folha do Rio Preto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*