Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









Salvamar vai ter agentes durante madrugada do Ano Novo mesmo em praias fechadas

Publicado em: 21/12/2020
Salvamar vai ter agentes durante madrugada do Ano Novo mesmo em praias fechadas

Foto: Jamile Amine / Bahia Notícias

O coordenador da Salvamar, Yuri Carlton, explicou que as praias terão salva-vidas durante a noite e a madrugada entre 31 de dezembro e 1º de janeiro. E essa proteção acontecerá mesmo nas regiões que serão fisicamente fechadas pela prefeitura para evitar aglomerações, como a orla da Barra (saiba mais aqui). A informação foi divulgada nesta segunda-feira (21), em entrevista concedida no Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador FM 92,3.

 

Carlton aproveitou para parabenizar o prefeito ACM Neto por ter mantido o trabalho da Salvamar durante a pandemia, já que ocorreram diversos casos em que banhistas deixaram de cumprir os decretos e acabaram precisando de resgate no mar. “O nosso prefeito teve uma atenção muito grande, porque em momento algum tirou os salva-vidas das praias. Não será diferente no dia 31. Apesar de algumas praias estarem fechadas, teremos a presença de salva-vidas lá, inclusive à noite e madrugada”, garantiu.

 

Ele alertou, contudo, para os diversos riscos de afogamentos, principalmente entre os jovens. Segundo ele, 16 pessoas morrem por dia por afogamento no Brasil. Por isso é importante buscar informação dos salva-vidas sobre as condições de praias, lagoas e rios. E esse risco é ainda maior quando o banhista não está alerta.

“O pedido que a gente faz é que as pessoas tenham cautela, evitem o uso de bebida alcóolica. Que os jovens não desafiassem o mar. Os jovens de 17 a 29 anos representam 57% dos afogamentos, justamente quem sabe nadar. É preciso ter cuidado”, frisou.

 

Somente no último fim de semana, em que algumas praias da capital baiana estiveram fechadas no domingo (20), foram registrados seis afogamentos, sem óbitos. Segundo o coordenador do Salvamar, os incidentes acontecem mesmo quando há uma orientação dos profissionais aos banhistas. “Esse é um dos nossos maiores problemas. O não atendimento ao chamado dos salva-vidas. A gente sinaliza, ‘olha, não tá em condições de ir pro mar’. Mas infelizmente ainda existe uma boa parte da população que ainda vai e desafia o mar”, lamentou.

O Bahia Notícias no Ar vai ao ar de segunda a sexta, entre 12h e 13h, com apresentação de Patrícia Abreu e Mauricio Leiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*