Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

RUI DIZ QUE VAI LEVAR GRUPAMENTO AÉREO PARA BARREIRAS

Publicado em: 02/10/2014

Chapa fez comício em Barreiras na noite de ontem

O candidato a governador pela coligação Pra Bahia Mudar Mais, Rui Costa, comprometeu-se a instalar cinco novas unidades do Grupamento Aéreo da Polícia Militar (Graer), no interior do estado, nos próximos quatro anos, entre as medidas destinadas a aumentar a segurança e reduzir os índices de violência no Estado. Uma das unidades do Graer ficará em Barreiras, cidade do oeste da Bahia onde Rui, acompanhado do candidato a senador, Otto Alencar, e do candidato a vice-governador, João Leão, fez comício na noite desta quarta-feira (1º). “Vamos contratar mais policiais e trazer o Graer para Barreiras, para facilitar o deslocamento das equipes e as perseguições a quadrilhas de crime organizado, aumentando o nível da segurança em todo o oeste”, afirmou Rui. Ele destacou que muito já foi feito pelo governador Jaques Wagner. “Não podemos retroceder, por isso tomamos como base aquele período, os avanços e a projeção do que devemos realizar na próxima gestão”. Costa observou que atualmente as policiais estão com viaturas novas, o governo investiu na recuperação das delegacias e duplicou as vagas nos presídios. “Os delegados baianos ganham o quinto maior salário do país e os soldados, o sexto”, observou. “A segurança é um problema nacional que precisa de atenção e vai ser enfrentado com firmeza na Bahia”, garantiu, para reforçar: “Aceito e ouço com atenção e com carinho a reclamação do povo, não preciso ouvir é um ex-governador que deixou a polícia sem viaturas, soldados do interior sem ticket alimentação e com armas ultrapassadas”. O candidato a senador Otto Alencar, disse que vai lutar para ajudar a presidente Dilma a criar o fundo nacional de segurança pública, para financiar investimentos no combate a violência. “O governo federal já decidiu que precisa ajudar os estados na área de segurança, vamos viabilizar a criação do fundo que permitirá reforçar as policias”. A ministra da Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência, Ideli Salvatti, participou do ato em Barreiras, representando a presidente Dilma e fez duras criticas ao candidato ao Senado pela oposição. “Lá no sul, quando alguém é traíra, nós dissemos que ele se entregou aos paraguaios. Otto, seu adversário se entregou aos paraguaios. Ele ficou até o último minuto no governo Dilma e agora é quem mais fala dela. A Bahia não precisa de um representante assim no Senado”, disse Salvatti.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*