Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

RESTRIÇÕES PARA INDICAÇÕES DE DEPUTADOS FEDERAIS GERA INSATISFAÇÃO NA BANCADA

Publicado em: 19/6/2015

por Alexandre Galvão/ Fernando Duarte

Restrição para indicações de deputados federais gera insatisfação em bancada

Foto: Max Haack / Agecom
Se no plano estadual a articulação política do governador Rui Costa (PT) patina, no âmbito federal a situação não difere muito. Mesmo deputados federais petistas ficaram insatisfeitos com a informação de que apenas cargos federais poderiam ser indicados pela bancada. Além de certa “inabilidade” política por parte do próprio governador. “Josias [Gomes] é como um de nós. Não tem poder de decisão”, reclama um parlamentar. Responsável pela Secretaria de Relações Institucionais – mas deputado federal licenciado -, Josias teria sido apresentado como único interlocutor do governo junto aos deputados e sem perspectiva de negociações com o próprio governador. “Era diferente antes. A conversa era com o governador”, revela um saudosista, em referência à administração de Jaques Wagner. “Não se concluiu nem terceiro escalões, cargos federais da Bahia e isso provoca inquietação. Tem que ter um desfecho. Há um atraso ou descuido ou pouca convicção de como tratar”, protesta outro parlamentar. Temendo eventuais retaliações, nenhum dos deputados aceita admitir em público as queixas. É recorrente ainda a crítica ao método utilizado para as conversas. Ao invés das conversas com os líderes partidários, o governo optou por conversas com a bancada inteira, sem particionar as discussões. “O método mais adequado é com os partidos que compõem a base. Os partidos dialogam com seus quadros. Os partidos deveriam ser fortalecidos. Há um equívoco nessa condução. Isso só dificulta o caminho”, lamenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*