Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



PEDREIRO SE APRESENTA NA DELEGACIA DE POLÍCIA E CONFESSA TER MATADO VERDUREIRO NO BAIRRO SANTA CRUZ EM LUIS EDUARDO MAGALHÃES

Publicado em: 23/2/2015
O pedreiro Eliezer Carmo de Oliveira, de 39 anos, se apresentou na tarde deste domingo, 22, acompanhado do advogado Claudionor Machado, e da arma utilizada na morte do verdureiro Antonio Alves da Luz, de 76 anos, morto na noite da sexta-feira, 20, na porta de casa, na Rua Jacobina, no bairro Santa Cruz, na cidade de LEM.
Eliezer confessou ter matado Antonio. Ele contou que um desentendimento dele com um filho da vítima acabou desencadeando o homicídio.
“Houve uma desavença entre Eliezer e o filho do seu Antonio, por motivo passional. Seu Antonio tomou as dores do filho e teria passado a ameaçar Elizeu. Na noite do crime, eles voltaram a se desentender. Durante a discussão, seu Antonio se levantou e botou as mãos no bolso. Talvez pensando que seu Antonio estivesse armado, Elizeu sacou sua arma e atirou nele”, revelou Claudionor.
Após o crime, o pedreiro passou em casa, pegou uma moto e fugiu para a zona rural, onde ficou até a tarde deste domingo.
Eliezer, por não ter sido preso em flagrante, por ser réu primário, e ter se apresentado, irá responder pelo crime em liberdade.
Amigos – O advogado Claudionor Machado revelou ainda que o seu cliente era vizinho da vítima e amigos próximos. “Eliezer foi quem construiu a casa do seu Antonio. Ele cobrava uma diária sim a outra não. Eles eram bem amigos. A situação mudou após a desavença entre Eliezer e o filho do seu Antonio. Infelizmente uma situação que poderia ter sido resolvida de uma forma diferente, terminou em morte”, disse o advogado.
 Do Blog Sigi Vilares

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*