Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !









NOVA FASE DA LAVA JATO INVESTIGA ATUAÇÃO ILEGAL DE BANCO PANAMENHO NO BRASIL

Publicado em: 07/7/2016
Nova fase da Lava Jato investiga atuação ilegal de banco panamenho no Brasil
Foto: Tomaz Silva/ Agência Brasil
A 32ª fase da Operação Lava Jato, deflagrada nesta quinta-feira (7), investiga a atuação de uma instituição financeira do Panamá no Brasil, sem autorização do Bacen. Cerca de 60 policiais cumprem 17 mandados judiciais pela batizada Operação Caça-Fantasmas. Destas ordens, sete são conduções coercitivas e dez são mandados de busca e apreensão, em São Paulo, Santos e São Bernardo do Campo. De acordo com a PF, o banco panamenho foi implantado para abrir e movimentar contas em todo o território nacional para dar fluxo aos valores de origem duvidosa para o exterior e burlar o Sistema Financeiro Nacional. São apurados os crimes de lavagem de dinheiro e organização criminosa. Foram encontrados elementos de que o banco funcionava como uma agência de private banking e comercializava também empresas offshore, estas registradas pela Mossac Fonseca. Os serviços usados pela empresa, já alvo da 22ª fase da Lava Jato, foram utilizados por pessoas e empresas investigadas na operação. Há suspeita de que os recursos desviados da Petrobras tenham transitado pelo banco investigado. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*