Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



“NÃO HÁ NENHUMA PROVA CONTRA GRAÇA FOSTER” DIZ MINISTRO

Publicado em: 15/1/2015

Presidente da Petrobrás, Graça Foster

O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, defendeu nesta quinta-feira, 15, a presidente da Petrobrás, Graça Foster, e membros da atual diretoria, isentou-os de envolvimento com os escândalos de corrupção envolvendo a estatal e disse estar “otimista” com os rumos da empresa. Para o ministro, a companhia enfrenta uma “convergência de fatores negativos” e seu maior problema é que as empresas contratadas para fazer parte de seus investimentos estão “enroladas” na Operação Lava Jato. “Até hoje, não há nenhuma prova sequer contra Graça Foster. Até hoje, não há nenhuma prova sequer contra esses diretores que aí estão. Não seria justo, vendo o esforço que a Petrobrás está fazendo com seus técnicos e sua diretoria, de recuperação de gestão e eficiência, puni-los sem dar a chance para que apresentem os resultados que a Petrobrás aponta que apresentará”, afirmou Braga, em entrevista exclusiva ao Broadcast, ressaltando que mudanças no conselho de administração já estão em estudo pelo governo. A fala do ministro é uma resposta indireta às manifestações do advogado de Nestor Cerveró, Edson Ribeiro, que considerou arbitrária a prisão do executivo nessa quarta e chegou a dizer que, se ele foi preso, Graça Foster também deveria ser. Cerveró foi detido a pedido do Ministério Público Federal, que o acusou de ter realizado transações financeiras para ocultar seus bens. Braga justificou seu “otimismo” com os rumos da estatal alegando que há “duas Petrobrás”, uma que está “sob investigação” e outra que é uma “instituição brasileira”, responsável por parte do planejamento do setor energético.

Vinicius Neder, O Estado de S. Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*