Bem Vindo ao Correio do Oeste - 9 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !

PREFEITOS FALAM SOBRE ELEIÇÃO PARA MANDATO TAMPÃO

Publicado em: 17/5/2015

Roberto de Sena

Mural do Oeste
Nesta sexta-feira, 15 em Luis Eduardo Magalhães, pouco antes da chegada do governador Rui Costa e da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, para o lançamento do Matopiba, o Mural do Oeste conversou com alguns Prefeitos de cidades do Oeste Baiano, sobre a possibilidade de eleição para um mandato tampão de dois anos. O Padre Amário, Prefeito de Santa Maria da Vitória, considerou mais lógico que os mandatos sejam prorrogados até 2018 e ai se faz as eleições gerais com mandatos de 5 anos e sem reeleição. Esta também foi a opinião do prefeito Hamilton Lima, de Riachão das Neves. Ele entende que uma eleição em 2016 e outra dois anos depois representam um alto custo para a sociedade brasileira. “O país não aguenta uma eleição atrás da outra, prorrogar os mandatos seria o melhor caminho” afirmou. Já o Prefeito de Santa Rita de Cássia, Joaquim Geraldo, não se mostrou muito favorável a prorrogação do mandato e deu a entender que prefere a disputa no voto. O vice-prefeito Túlio Guedes protestou contra o fim das coligações. Para ele se isso de fato ocorrer será um golpe na democracia. “A proporcionalidade é que permite que os pequenos possam ter espaço político e eleitoral. Se acabar as coligações só os grandes vão ganhar” disse.
O Mural não conversou com os pré-candidatos sobre o assunto. No entanto é voz corrente que se a eleição para mandato tampão for aprovada, muito deles desistirão da disputa em 2016. Na avaliação destes não vale a pena enfrentar os altos custos da campanha para um mandato de apenas dois anos, ainda que com a possibilidade de reeleição. Há no entanto quem acredite que – mesmo com o mandato tampão de dois anos – o cavalo está passando com cela e tudo, pronto para ser montado e a oportunidade não pode ser perdida. O certo é que tanto os atuais gestores quanto os seus oposicionistas aguardam com expectativa o desenrolar da reforma política para saber que decisão poderão tomar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*