Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !







MUQUÉM: O ESPORTE AMADOR VENCENDO DESAFIOS

Publicado em: 12/2/2019

Da Redação

No pequeno município de Muquém do São Francisco, Oeste do estado, desportistas e amantes do esporte amador ganham cada vez mais espaço.

Bom exemplo dessa ascensão é a Copinha Verão Muquém de Futebol Society, evento que abriu as atividades esportivas do ano, no município. A competição é realizada pela comissão organizadora do ‘Movimento pelo Esporte’.
Os recursos vêm das inscrições pagas pelas equipes, do apoio da prefeitura, Câmara Municipal e empresariado. Os valores são destinados à premiação e despesas com arbitragem.

Esse movimento desportista é encabeçado pelo secretário municipal de Esportes, Cleidson Coimbra, que mesmo antes de assumir a pasta, ainda como atleta, já participava de vários campeonatos no município e cidades vizinhas.

As carências
Notando a falta de oportunidades de lazer na comunidade, onde o futebol era predominante, Kêu (como é conhecido) deu o pontapé inicial para alavancar a prática esportiva e a frequência dos eventos. Hoje, a realidade é outra. “Apoiamos as mais diversas atividades esportivas, desde a categoria de base, futsal, fut7 e futebol de campo; vamos proporcionar outras atividades este ano, como ciclismo, atletismo, vôlei e basquete”, comentou.

De acordo com Kêu, os eventos vêm ganhando força e conquistando a simpatia do público e dos comerciantes que, cada vez mais, se dispõem a patrocinar as competições. Somente na Copinha, foram vinte empresas patrocinadoras.

O potencial regional
Kêu faz uma avaliação sobre o futuro do esporte amador e de base na região. “Temos uma genética muito boa com relação às atividades esportivas, precisamos de fato buscar gerir com mais afinco as ações, incentivar a criação de escolinhas esportivas, assim vamos melhorar as questões sociais também, os poderes (prefeituras e Estado) precisam investir em acesso ao esporte, mais quadras, mais campos, mais espaços adequados para a prática e as escolas precisam dispor de atenção para criar espaços físicos para as atividades (aulas teóricas e práticas)”.

As dificuldades
Segundo o secretário, uma das principais barreiras é a distância entre as comunidades. “Outro fator é a questão cultural dos desportistas (que já estamos trabalhando para mudar). […] Entendemos que as equipes precisam se organizar estruturalmente na compra de materiais e o Poder Público na questão dos espaços e da organização para atender as necessidades, pois a prefeitura não tem a obrigação de manter as equipes, sejam elas das mais diversas modalidades, temos o papel de apoiar”, e lembra que, em momento oportuno será realizada uma reunião com os desportistas pra tratar dessas questões e de outros assuntos e definir claramente, as atribuições de cada um nas competições.

Mais eventos
É importante ressaltar, que a Copinha foi uma espécie de projeto piloto, uma vez que foi realizada graças ao envolvimento das equipes, com a prefeitura apoiando apenas na estrutura geral e um incentivo em dinheiro.

Após o sucesso da modalidade masculina, agora em alusão ao mês internacional da mulher, o município vai sediar a competição voltada para o público feminino. A Copa Verão Mês da Mulher será realizada de 10 a 31 de março, em Muquém do São Francisco.

 

 Fotos: Kojac Piter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*