Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



MARCELO NILO LANÇA NOME A GOVERNADOR EM EVENTO COM 400 LIDERANÇAS

Publicado em: 15/10/2013

1392886_1454624761429866_1936334236_n

1384110_554657137921661_1946333708_n

1375723_1454624898096519_1525975599_n
Em evento que contou com as presenças de 64 prefeitos e aproximadamente 400 lideranças e politicos de vários partidos, o deputado Marcelo Nilo, presidente da Assembleia Legislativa afirmou nesta terça-feira, 15, que ainda confia muito em ser o candidato da base governista a governador, apoiado por Jaques Wagner, e advertiu que, se isso não acontecer, “não admito de forma alguma que o PDT fique de fora da chapa majoritária”.

Marcelo teme, conforme já foi difundido, que a chapa seja Rui Costa (PT) a governador; Mario Negromonte (PP) a vice; e Otto Alencar (PSD) a senador. Nilo não comenta sobre esses nomes e quando perguntado se aceitaria ser o vice na chapa encabeçada pelo PT afirma que “vice não tem tinta na caneta”. Ou seja, o PDT pode até aceitar a vice com outro nome (fala-se no secretário Nestor Duarte), mas, Marcelo jamais.

O presidente comentou ainda, que, caso o PDT não seja convidado a conversar com o governador e fique de fora da chapa majoritária manterá sua candidatura isoladamente.

Em sua fala durante o evento, o qual classificou como Encontro de Amigos do PDT para tratar da atividade política visando as eleições de 2014, Marcelo diz que aprendeu a ser paciente. coerente e grato, elogiou o desempenho do governador Wagner à frente do Estado citando algumas obras realizadas em sua gestão e disse que a principal marca de Wagner não custou 1 real nem representa uma grande obra, e sim o fato de ter “governado democraticamente”.

Comentou sobre sua lealdade com o governador Wagner, o relacionamento com todos os parlamentares da Assembleia onde obteve 62 votos para a última eleição, que nasceu na roça nas “franjas do Raso da Catarin” (Antas), conhece toda a Bahia e chegou a hora do PDT governar a Bahia.

“Quero colocar o meu nome a serviço do estado. Os protestos estão nas ruas e quem venceu esse processo foi a democracia, e quem perdeu foi o mal gestor. Um dirigente estadual tem que ser bom político, bom gestor e bom administrador”, frisou situando que está preparado para governar a Bahia.

Lembrou, ainda, que Lula saiu de Pernambuco em cima de um pau-de-arara e levou seus ministros para conhecer o interior do sertão, o catingueiro e a mulher da roça, e sempre lembrava a todos eles que, antes de tomarem decisões em seus gabinetes com ar condicionado penssasse nessa gente.

Marcelo, por fim destacou que é um “homem do sertão” que conhece bem as pessoas mais carentes e que sofreram muito com a última seca, que escolhera o dia do professor (15) para fazer seu evento justo porque o PDT, historicamente está ligado a educação, e que vai dar especial atenção a este segmento caso seja eleito governador.

PRESENÇAS

Os líderes da Maioria (governo) Zé Neto (PT) e da Minoria (Oposição) Elmar Nascimento (DEM), compareceram ao evento de Marcelo; o presidente nacional do PDT, Carlos lupi; os presidente do PT e DEM, Jonas Paulo e Paulo Azi; o deputado federal Félix Mendonça Jr; os deputados Roberto Carlos e Euclides Fernandes (PDT), Marquinhos, Tom Araújo (DEM), delegado Damasceno (PSL), Luciano Simões e Leur Lomanto Jr (PMDB), Sildevan Nóbrega (PRB), Maria Luiza Laudano, Aderbal Caldas, Carleto, Zé de Arimatéia, Angela Souza, Gilberto Santana, Adolfo Viana, Augusto Castro, Gilberto Santana e Maria Luiza; e os secretários estaduais Paulo Câmera e Nestor Duarte.Fonte Bahia Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*