Bem Vindo ao Correio do Oeste - 6 Anos Alimentando Você com Informações Políticas !



ITABUNA:MATERNIDADE ANUNCIA FECHAMENTO POR FALTA DE VERBA

Publicado em: 06/3/2015

por Francis Juliano

Maternidade de Itabuna anuncia fechamento por falta de verba

Foto: Reprodução
A maternidade Mãe Pobre, de Itabuna, no sul do estado, está prestes a ter os aparelhos desligados, literalmente. Na próxima quarta-feira (11), a entidade, que atende pelo SUS, fechará as portas, caso não haja nenhum socorro financeiro. Segundo o diretor da Fundação Fernando Gomes, que administra a unidade, Vitor Bourbon, não há como comprar medicamentos e manter os custos da instituição com a verba destinada. No local, que atende mulheres de 124 municípios da região, são realizados cerca de 400 partos por mês. “Hoje, nós recebemos a mesma quantia que recebíamos em 2002. Ou seja, há 13 anos é a mesma verba. Na época, o salário mínimo era um terço do de hoje. Além disso, houve aumento dos custos em geral”, relatou. Ainda de acordo com o diretor, a instituição recebeu em janeiro R$ 188 mil, mas só a folha de pagamento dos servidores consumiu R$ 208 mil. A unidade tem repasse do Ministério da Saúde por produtividade e conta com doações. Vitor Bourbon disse que a secretaria de saúde de Itabuna prometeu uma quantia de R$ 50 mil, mas mesmo assim o apoio é insuficiente para socorrer a maternidade. O diretor também apelou para outras instituições. “Já mandei uma carta para o governador, Rui Costa, que já recebeu, e para o secretário de Saúde do estado [Fábio Vilas-Boas]”, declarou. Em funcionamento desde 1992, a maternidade foi criada para evitar que mulheres fizessem partos na rua, o que pode ocorrer novamente, segundo Bourbon, caso não haja o restabelecimento financeiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blue Captcha Image
Atualizar

*